(pt) Brazil, Coletivo Quebrando Muros - [Curitiba] Círculo de Estudos em Sindicalismo Revolucionário - 11/04/15

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Segunda-Feira, 13 de Abril de 2015 - 13:22:45 CEST


Houve um tempo em que os trabalhadores, organizados em seus sindicatos, acreditavam na 
greve, e mais ainda na Greve Geral, como ferramenta para a transformação das suas 
condições de trabalho e um caminho efetivo de transformação social. Essa convicção da 
classe trabalhadora foi forjada na ação contra condições de exploração, como jornadas 
exaustivas de trabalho, salários miseráveis, trabalho infantil, etc. A luta operária se 
fundamentava nas ideias de independência frente a partidos políticos, ação direta, 
reivindicações econômicas imediatas como motor da luta de classes e contra o capitalismo. 
Esse foi o contexto do 1º de Maio de 1886 e, no Brasil, da Greve Geral de 1917, a "Greve 
dos Braços Cruzados", que parou o país e garantiu vários direitos trabalhistas que se 
mantém até hoje.

Após o período revolucionário do sindicalismo brasileiro no início do séc. XX, e das 
várias conquistas da Greve Geral, o movimento passou por um processo de burocratização, 
iniciada com as políticas getulistas e que teve seu auge durante a ditadura civil-militar, 
entre 1964-1985. Com a redemocratização, o sindicalismo no Brasil ensejou retornar à sua 
tradição revolucionária, entretanto, tal objetivo declinou já em 1988, no III CONCUT, 
quando da vitória da posição burocratizante da corrente Articulação, organicamente ligada 
ao PT, e com ascensão ao poder do Partido dos Trabalhadores em 2003, passando a CUT a 
identificar sua política com as diretrizes de conciliação de classes defendidas pelo novo 
governo.

Entretanto, apesar do cenário adverso, o Círculo de Estudos sobre Sindicalismo 
Revolucionário convida-nos, espíritos rebeldes, inconformados e libertários, a resgatarmos 
aquela tradição sindicalista revolucionária e seu programa de autonomia e de protagonismo 
da classe trabalhadora.

Para isso, iniciaremos nossas atividades no dia 11/04/15, às 15h00, na Sede do Núcleo 
Sindical Curitiba Norte, Rua Mal. Floriano, 306, conj. 83, 8º andar.
A dinâmica do círculo de estudos será a discussão de temas relevantes para o sindicalismo 
contemporâneo. Usaremos textos, filmes e experiências para enriquecer e dar subsídio às 
nossas discussões. No primeiro encontro, usaremos o texto Sindicalismo e Movimentos 
Sociais, de Alexandre Samis.

Você pode baixar o texto nesse link:

Sindicalismo e Movimentos Sociais
Recapitulando:
Data: 11/04
Horário: 15h
Local: Sede do Núcleo Sindical Curitiba Norte, Rua Mal. Floriano, 306, conj. 83, 8º andar.

https://quebrandomuros.wordpress.com/


More information about the A-infos-pt mailing list