(pt) France, Coordenação de Grupos Anarquistas - Panfleto Federal para o evento 09 de abril -- O Estado e os empregadores são nossos bolsos! Continuando a ofensiva! (en, it, fr) [traduccion automatica]

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Sexta-Feira, 10 de Abril de 2015 - 09:45:49 CEST


A lei Macron é o último da fase de demolição sociais gigantesca conduzido pelos 
empregadores, buscando liquidar todas as conquistas sociais, preservar e aumentar o seu 
lucro, aumentando nossas operações. ---- Mais uma vez, o Estado, independentemente a 
orientação política do seu governo, serve como o braço armado da burguesia na execução da 
política de um grande negócio. ---- Não se engane: nada vai parar os patrões e do Estado, 
se não a determinação e ação coletiva por parte dos trabalhadores, formação, trabalho ou 
desempregados. ---- Perante esta situação, cada um por si · e está todo mundo em apuros 
(exceto burguesa)! ---- Hoje, em um contexto de crise capitalista, a maioria das mulheres 
trabalhadoras e trabalhadores está esgotada diária, seja na França ou no mundo. O governo 
francês pediu-nos para manter a calma em nome da união sagrada por meio do fortalecimento 
do aparato de segurança e do discurso nacionalista.

A classe política tem responsabilidade directa nesta sociedade de "tou · te · S · tou 
contra você . · s ", onde os fascistas, seja ela religiosa ou nacionalista, são a 
expressão mais brutal de canibalismo sociais
Para ultrapassar este impasse, temos de voltar para o caminho de lutas coletivas: lutas 
construídos com base nossas necessidades, que fornecem os meios para afastar os patrões e 
do Estado.

Construir lutas que ganham

Para isso, precisamos sair da resignação. Precisamos organizar greves de solidariedade por 
sindicatos, pela mobilização de uma · e · s em apoio dos outros. Não espere que as 
soluções ilusórias ou falsas promessas de políticos fazem · · s, mas assumir o controle de 
nosso destino, por uma ação direta e coletivamente para dobrar acionistas e chefes. Hoje 
existem muitas lutas, mas sofrem de isolamento, falta de coordenação e de solidariedade 
ainda é muito limitado. Sem contra lâmpadas de instrumentos de propaganda de massa, eles 
sofrem o ataque de mídia pró-negócios. O isolamento faz com que seja mais fácil a 
repressão por parte dos empregadores e do Estado.

Quem luta pode ganhar, aquele que não luta já perdeu tudo!

Criar, desenvolver e fortalecer as organizações de Resistência Popular (sindicatos, 
comissões, grupos, organizações lutam). Organize a convergência de organizações populares 
contra a ditadura do empregador. Torne-se consciente da nossa força, e nos recusamos demissão!
A luta coletiva é um meio de defender a nossa dignidade. Porque, mesmo que às vezes 
perdemos, por falta de uma relação suficiente de força, marcamos nossa recusa em aceitar a 
nossa situação de escravidão. Defender a nossa dignidade, é um primeiro passo para 
recuperar nossas vidas.

Pressione a Coordenação grupos anarquistas
Aprovada no Congresso 06 de abril de 2015

http://cgalyon.ouvaton.org/spip.php?article124


More information about the A-infos-pt mailing list