(pt) [República Dominicana] Nasceu a Federação Anarquista Centro Americana e do Caribe! (en, it)

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Quinta-Feira, 2 de Abril de 2015 - 19:49:21 CEST


Após vários meses de preparação, debates pré-congresso e de fazer o chamado para o 
primeiro congresso para a formação da Federação Anarquista Centro Americana e do Caribe 
(F.A.C.C.), nos reunimos várixs companheirxs de diferentes países e realidades da área da 
América Central e do Caribe (e observadores internacionais) na cidade de Santiago de los 
Caballeros nos dias 21 e 22 de março do ano em curso, para contrastar ideias, 
conhecer-nos, estabelecer diferenças e afinidades. Expressamos nossa satisfação porque foi 
fundada a F.A.C.C. Um canal para a solidariedade e colaboração dos anarquistas na região, 
transcendendo os limites das fronteiras que o capitalismo e os estados nos impõem, uma 
federação de tendências que busca avivar as relações entre os diversos coletivos da região 
e sua diáspora.

Inicialmente os membros que fazem parte da Federação são: Oficina Libertária Alfredo López 
(TLAL) de Cuba, Kiskeya Libertária de Dominicana, Companheirxs de Porto Rico, El Salvador, 
Bonaire e Miami (Há grupos que quiseram participar na F.A.C.C., inclusive ser membros, mas 
por diversidade de situações não puderam estar e ser parte da Federação até o momento).

A Federação está baseada nos princípios do consenso, a solidariedade e aceitando a 
diversidade das individualidades e os coletivos em suas tendências e práticas, se centra 
nas atuações críticas e o estudo no marco das duas regiões, se caracteriza por ser uma 
Federação com uma organização horizontal.

De acordo com as decisões em consenso, se acorda que os critérios de filiação são os 
seguintes:

o Que a individualidade e/ou coletivo se autodenomine anarquista.

o Que o indivíduo ou coletivo atue de maneira horizontal.

o Que umx dos membros ativos da Federação seja fiador da individualidade ou coletivo 
solicitante.

o Que exista unanimidade no consenso para o ingresso da individualidade ou coletivo à 
Federação.

o A individualidade ou coletividade solicitante para o ingresso à Federação terá que 
esperar como máximo de tempo, dois meses para conseguir a unanimidade em consenso.

A Federação tem pelo momento um comitê de maneira consensualizada que é: Comitê de 
comunicações, e três comitês criados por individualidades voluntariamente que são: Comitê 
"Anti-repressivo", comitê "Anti-nacionalista" e comitê "Autogestionário".

A formação da Federação é um marco na história dos movimentos anarquistas nas regiões, 
dado que nunca antes existiu um espaço para compartir as experiências e trabalhar em 
conjunto de maneira crítica.

Escolhemos o caminho da liberdade e a horizontalidade e esperamos que nossxs companheirxs 
afins de todos os rincões nos acompanhem nesta nova travessia para um ideal antigo mas 
constantemente renovado, para a anarquia!

Comitê de comunicações da F.A.C.C.

Tradução > Sol de Abril

Conteúdo relacionado:

http://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2014/10/27/republica-dominicana-primeiro-congresso-para-uma-federacao-anarquista-centro-americana-e-do-caribe-facc/

agência de noticias anarquistas-ana

Vejo outra vez
Flores do ipê roxo
Num céu todo azul

Calberto

http://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2015/03/26/republica-dominicana-nasceu-a-federacao-anarquista-centro-americana-e-do-caribe/


More information about the A-infos-pt mailing list