(pt) Federação Anarquista do Rio de Janeiro Libera #162 - MURALISMO - ARTE NO TRABALHO SOCIAL

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Terça-Feira, 9 de Setembro de 2014 - 11:26:38 CEST


No dia 28 de junho, na quadra da "Favelinha", localidade do conjunto de favelas dos 
Macacos em Vila Isabel, a companheirada do Movimento de Organização de Base (MOB) ajudou 
na construção coletiva de um muralismo. A atividade teve a participação de adolescentes e 
crianças moradores do local mais as crianças que participam do Germinar e alguns alunos do 
Pré-vestibular Solidariedade - ambos trabalhos organizados pelo MOB no espaço do Centro de 
Cultura Social (CCS-RJ). ---- Antes da pintura todos se reuniram na quadra para 
conversarem sobre a proposta e pautarem coletivamente quais elementos visuais, frases e 
palavras entrariam na composição do mural. O resultado foi uma composição com as casas da 
favela, crianças, árvores e algumas palavras e frases como "Viva a favela" e um trecho do 
funk do Primeiro de Maio, feito pelas crianças do Germinar. Depois foram divididas as 
tarefas, alguns misturavam as tintas enquanto outros faziam os traços e preenchiam. E 
outros participavam e ajudavam de diferentes formas.

Acreditamos que esta é uma forma pedagógica das pessoas par-
ticiparem, manifestarem sua voz e expressarem a identidade da
favela. Assim como é meio para chamarem a atenção para ques-
tões do cotidiano local como a educação pública deficiente, as
demandas de luz, água, saneamento básico, entre outras. A Edu-
cação Popular tem como objetivo a organização nas bases de
uma educação que possibilite a leitura e a interpretação de uma
análise crítica da realidade por todos que perseveram na luta de
classes, incentivando o fortalecimento e a participação popular.

O MOB entende que atividades como esta são ferramentas sim-
ples mas importantes para a construção do Poder Popular. Aju-
dando na organização comunitária ao possibilitar a expressão


de suas angústias e alegrias. Auxiliando a compreensão e a práti-
ca coletiva da igualdade e solidariedade entre os oprimidos, do
protagonismo popular e da ação direta. Fortalecendo o trabalho
de organização nas bases a partir de ferramentas de Educação
Popular. Nesse sentido, foi um momento rico de trocas e apren-
dizado mútuo, em que o resultado foi expresso na forma como
aqueles jovens e crianças se interessaram em participar e pintar
sua quadra de futebol.


More information about the A-infos-pt mailing list