(pt) Brazil, Coletivo Aanarquista Luta de Classe [CALC] - 200 anos Mikhail Bakunin (1814-2014): Da Instrução Integral ao Anarquismo Organizado (en)

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Sábado, 29 de Novembro de 2014 - 09:57:13 CET


Convidamos todas e todos para nossa atividade de apresentação e debate em memória dos 200 
anos de nascimento do militante e teórico russo Mikhail Bakunin. ---- Da Instrução 
Integral ao Anarquismo Organizado!"[...] um Estado forte, só pode ter uma base segura: a 
centralização militar e burocrática. Entre a monarquia e a república mais democrática, só 
há uma diferença notável: sob a primeira, o pessoal burocrático oprime e explora o povo, 
em nome do rei, para o maior proveito das classes proprietárias e privilegiadas, assim 
como em seu próprio interesse; sob a república, ele oprimi e explora o povo da mesma 
maneira, para os mesmos bolsos e as mesmas classes, mas, ao contrário, em nome da vontade 
do povo. [...] a república, a pseudonoção, o país legal, por assim dizer, representado 
pelo Estado, sufoca e continuará a sufocar o povo vivo e real. O povo, contudo, não terá a 
vida mais fácil quando o porrete que o espancar se chamar POPULAR.


A questão social, a paixão pela revolução social...[...]. É preciso satisfazê-la ou 
reprimi-la; mas ela só poderá obter satisfação quando demolir a opressão governamental, 
este último bastião dos interesses burgueses. [...] Nenhum Estado, por mais democráticas 
que sejam suas formas, mesmo a república política mais vermelha, popular apenas no sentido 
desta mentira conhecida sob o nome de representação do povo, está em condições de dar a 
este o que ele precisa, isto é, a livre organização de seus próprios interesses, de baixo 
para cima, sem nenhuma ingerência, tutela ou coerção de cima, porque todo Estado, mesmo o 
mais republicano e mais democrático, mesmo pseudopopular como o Estado imaginado pelo 
Sr.Marx, não é outra coisa, em sua essência, senão o governo das massas de cima para 
baixo, com uma minoria intelectual, e por isto mesmo privilegiada, dizendo compreender 
melhor os verdadeiros interesses do povo, mais do que o próprio povo." (BAKUNIN, M.; A 
luta dos dois Partidos na Associação Internacional dos Trabalhadores (AIT) - Estatismo e 
Anarquia)


More information about the A-infos-pt mailing list