(pt) France, Coordenação de Grupos Anarquistas - IAL #101 - Seitas e religiões (en, fr) [traduccion automatica]

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Segunda-Feira, 17 de Novembro de 2014 - 10:41:19 CET


Para maior clareza, vamos começar com algumas definições. ---- O termo "culto" tem dois 
significados principais: pode ser um número de pessoas que expressam e relacionados com as 
mesmas crenças, opiniões ou princípios. Mas também é um conjunto fechado em oposição às 
idéias dominantes e práticas religiosas do grupo religioso. Em um culto (como na religião) 
a dimensão deísta não está necessariamente presente. ---- Deriva sectária provoca uma 
mudança na liberdade de religião, de consciência e de pensamento que viola políticas, leis 
e regulamentações públicas, direitos humanos e segurança / integridade. A seita exercícios 
(por grupos organizados ou indivíduos isolados) pressões destinadas a explorar alguém. 
Isto teve consequências negativas para a vítima, privado de uma parte de seu 
livre-arbítrio, mas também para a sua comitiva e para a sociedade.

Quais os critérios que determinam as atividades de seitas?

Estes critérios formais são desenvolvidas por várias comissões parlamentares de 
inquéritos, que têm permis_d'établir uma lista de pistas para a identificação de 
desestabilização mental, sectária, exigências financeiras exorbitantes, uma ruptura com o 
ambiente original a integridade física, a doutrinação das crianças, distúrbios da fala 
anti-sociais para a ordem pública, a importância de problemas legais, possível desvio de 
circuitos económicos tradicionais, infiltração tenta poderes público.

Qual é a diferença entre religião e seita?

Podemos definir a religião como um conjunto de crenças e princípios indiscutíveis, e um 
conjunto de práticas relacionadas a essas crenças e princípios; sabendo que a religião 
pode ser um deist ou não-teísta, isto é, afirmando a existência de uma ou mais deus (s).

Podemos ver essas definições que a ligação entre religião e seita é muito ambígua. Um 
grande pensador disse que a única diferença entre os dois era o tamanho. Na verdade, 
devido ao seu tamanho, as religiões são mais generalizada, mais formal e eles vão achar 
que é mais difícil de cometer danos aos crentes e privá-los de sua liberdade.

Religiões extremistas (ex grupo Islam, Boko Haram, Níger) estão mais próximos das seitas, 
pois eles enviam os crentes a lutar pelas suas causas, tais organizações terroristas e 
seus crentes embrigadant cortando o resto do mundo e ligadura contra os não-crentes. 
Antigamente era das Cruzadas...

Como seitas têm se adaptaram aos avanços tecnológicos e as mudanças na sociedade?
Nós já podemos tirar a conclusão de que a internet tem se beneficiado muito seitas 
ferramentas que exploram a natureza global da Internet ea falta de regras jurídicas. Com 
efeito, o advento da Internet tem banalizado muito a fala ou "alternativa" defendida por 
algumas seitas, especialmente no domínio dos métodos de saúde. Sites sectárias são felizes 
promover seus métodos e produtos milagrosos, cujo único objetivo é atrair e pessoas 
desesperadas em situações de fragilidade. Internet também abre as fronteiras e, assim, 
alargar o âmbito de ação de grupos sectários. Alguns gurus mesmo controlar seus seguidores 
e vítimas de redes sociais. A ausência de um moderador ou controlar o conteúdo dos sites 
ou redes sociais dificulta a eficácia da ação preventiva e repressiva do governo, que já é 
bastante eficiente...

Internet, boa ferramenta originalmente espetáculos que as seitas usam de tudo ao nosso 
redor para os seguidores mais vulneráveis e, portanto, adaptar-se ao mundo moderno.

  Como libertários e anarquistas, o mesmo princípio da seita é contra a nossa ideologia. 
Apresentação em seitas, -com a estrutura da pirâmide, na maioria dos casos, um guru que 
cria a lei interna do secte-, manipulação de seguidores com seu isolamento psicológico ou 
físico, viola os valores da igualdade, liberdade e anti-autoritarismo que defendemos. A 
relação entre religião e seita ainda está debatendo dada a abrangência do termo 
"religião". Nossa opinião pessoal é de que as religiões não-extremistas são para o momento 
e em geral menos prejudiciais do que as seitas.

Grupo Haute-Savoie


More information about the A-infos-pt mailing list