(pt) Brazil, Organização Anarquista Terra e Liberdade - ATENÇÃO - Risco de Despejo na Ocupação Zumbi dos Palmares em São Gonçalo - RJ por lobaomaluco

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Domingo, 9 de Novembro de 2014 - 09:28:13 CET


Já há uma decisão de reintegração para o terreno, que "pertence" a uma massa falida. Os 
assessores jurídicos já agravaram da decisão, mas o importante agora é sustentar uma 
vigília para impedir a ação policial de despejo e ganhar tempo para a batalha jurídica e 
política. Quem puder, organize-se e vá para a ocupação! ---- Fomos avisados há pouco por 
um representante da polícia militar (Coronel Fernando Salema do 7° Batalhão da PM) que até 
a tarde de hoje ocorrerá o despejo da ocupação do MTST em São Gonçalo, Zumbi dos Palmares. 
---- Isso por si só é ilegal, pois a prerrogativa de comunicar o despacho do judiciário é 
de um oficial de justiça, coisa que não ocorreu até o momento. logo a ação é ilegal. ---- 
Essa reintegração também é absurda, pelo fato que na tarde de ontem em reunião com 
representantes da prefeitura de São Gonçalo foi demonstrado o interesse do prefeito em 
comprar o terreno para destiná-lo a construção de moradias populares para as mais 500 
famílias que ocupam o terreno, sendo que pelo menos 100 delas são crianças).

Infelizmente, a justiça, no momento de despachar a reintegração de posse não considerou as 
negociações feitas até o momento com o prefeito, o déficit habitacional e se quer foram 
dados os prazos para recurso por parte dos advogados do movimento, para que assim 
apresente suas contra razões.

Alertamos também para o fato de que um despejo que não é feito com base no diálogo e 
simplesmente na base da força não resolve o problema da moradia.

Fazemos aqui um chamado a todos os apoiadores da ocupação Zumbi dos Palmares para nos 
ajudem a divulgar e aqueles que possam estar presentes na ocupação Zumbi dos Palmares para 
nos ajudar no que for necessário.ara as mais 500 famílias que ocupam o terreno, sendo que 
pelo menos 100 delas são crianças).

Infelizmente, a justiça, no momento de despachar a reintegração de posse não considerou as 
negociações feitas até o momento com o prefeito, o déficit habitacional e se quer foram 
dados os prazos para recurso por parte dos advogados do movimento, para que assim 
apresente suas contra razões.


MTST, a luta é pra valer!

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. Adicione o link permanente aos seus favoritos.


More information about the A-infos-pt mailing list