(pt) Solidariedade com a luta na Cerâmica Neuquén na Argentina por AIT-SP (en)

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Sábado, 24 de Maio de 2014 - 09:00:22 CEST


Há mais de um mês iniciou-se um conflito na Cerâmica Neuquén situada no parque industrial 
desta cidade e 140 famílias estão a suportar a greve na fábrica. Devem duas quinzenas de 
salários aos trabalhadores e querem deixá-los na rua fechando a empresa. Na última reunião 
o dono deu-lhes como única solução para o conflito fechar a fábrica e pagar os salários em 
dívida com a última produção realizada antes do cessar de atividades. A fábrica está 
parada, os trabalhadores sem sustento económico e nenhuma das respostas dadas pelo dono 
garante a estabilidade laboral dos trabalhadores. ---- As irregularidades começaram quando 
não lhes pagaram as férias e ficaram em dívida duas quinzenas de ordenados. Quiseram dar 
aos trabalhadores umas férias fora da data habitual e quando estes se informaram do porquê 
desta irregularidade, descobriram que realmente se tratava de uma suspensão e foi quando o 
dono exprimiu a sua intenção de fechar.

José Luis Villafranca, atual dono da Cerâmica Neuquén, que recebeu subsídios milionários 
do Estado provincial, não quer saber da situação, deixando grandes dívidas e dilatando o 
conflito no tempo.

Os trabalhadores da Cerâmica Neuquén querem voltar a trabalhar e necessitam do apoio da 
comunidade, seja na forma de alimentos, contribuições para o fundo de greve ou difusão 
pública do conflito, para seguir resistindo e procurando uma solução real e efectiva para 
as 140 famílias que ficaram sem trabalho.

Apelamos a que se solidarizarem com os trabalhadores da Cerâmica Neuquén!

CONTRIBUIÇÕES PARA O FUNDO DE GREVE:
CONTA Nº: 0440017240000155465374, CBU: 4_017_000_1554653_7
Em nome de Mauro Jiménez (BANCO HIPOTECÁRIO)

Sociedade de Resistência Ofícios Vários de Neuquén
Aderida à FEDERAÇÃO OPERÁRIA REGIONAL ARGENTINA - AIT
Maio de 2014
Publicado por AIT-SP


More information about the A-infos-pt mailing list