(pt) Coordenação Anarquista Brasileira [CAB]Saudações internacionalistas ao primeiro de maio, do luto à luta! (en)

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Segunda-Feira, 5 de Maio de 2014 - 07:49:11 CEST


Companheiras e companheiros da Federação Anarquista Uruguaia, a Coordenação Anarquista 
Brasileira vem, com esta mensagem, saudar o dia Internacional de Memória e Luta dos 
Trabalhadores e Trabalhadoras. ---- O ano que se passou foi particularmente importante 
para nós, anarquistas e trabalhadores e trabalhadoras da Coordenação Anarquista 
Brasileira. Com ele, ressurgiram manifestações massivas que tomaram as cidades brasileiras 
de norte a sul. Essas manifestações encheram de esperança a luta popular e apontaram os 
limites de um projeto de dominação e de expansão do capital que oprime e massacra as/os de 
baixo. Esse projeto se apresenta hoje de maneira cruel, com seus efeitos nefastos. Mata 
trabalhadoras e jovens negros nas favelas e periferias, impõe o terror dos latifundiários 
no campo e contra os povos indígenas e quilombolas, e, ainda, reprime brutalmente os que 
resistem. É esse projeto que também implementa as remoções de ocupações urbanas em várias 
cidades brasileiras, que aumenta a exploração do trabalho e tenta vender a imagem de que o 
"Brasil é um gigante que vai bem".

Porém, nós, os e as de baixo, sabemos que para os trabalhadores e trabalhadoras nada vai 
bem! Sabemos que os lucros da Copa do Mundo de futebol e das Olímpiadas, que serão 
realizados no Brasil, estão sendo produzidos sobre a exploração e repressão. E que os 
grandes empresários estão sendo beneficiados com o suor dos verdadeiros produtores da riqueza.

Cabe lembrar, nesta data, que os projetos de dominação no nosso continente não são novos. 
Nesse mês e nesse ano, a ditadura empresarial-militar (apoiada por alguns setores civis) 
implementada no Brasil com o golpe de 1964 fez exatos 50 anos. 50 anos em que a classe 
dominante, com a ação decisiva dos militares, colocou o Brasil numa noite escura que durou 
vinte e um anos. Somos filhos dessa história, que, em seu fio condutor, encontra a luta de 
lutadores e lutadoras em diversos momentos históricos de resistência.

  Conscientes do papel do anarquismo na luta popular e em nossa América do Sul, nós da 
Coordenação Anarquista Brasileira reforçamos aqui a solidariedade e os laços de 
organicidade com nossas companheiras e companheiros da FAU. Porque sabemos que a 
globalização do capital encontrará punhos forte e fechado da internacionalização de nossa 
luta. Para que não se repitam mais tragédias do capital.

Para que a memória dos Mártires de Chicago seja lembrada para sempre como um dia de luta!

Aos Mártires de Chicago e a todos e todas que se foram combatendo as ditaduras do capital 
de ontem e de hoje, fica nosso recado: NENHUM MINUTO DE SILÊNCIO, MAS TODA UMA VIDA DE LUTA!

Viva o Primeiro de Maio!

Viva o Internacionalismo dos Trabalhadores e das Trabalhadoras!

Viva a FAU!

Vivam os Mártires de Chicago!

Coordenação Anarquista Brasileira (CAB)


More information about the A-infos-pt mailing list