(pt) Federação Anarquista Gaúcha -CRÔNICA e VÍDEO DO 1º DE MAIO DA FAG

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Domingo, 4 de Maio de 2014 - 13:22:27 CEST


O dia Internacional dos Trabalhadores e das Trabalhadoras, marcado ano a ano por um Ato 
Anarquista de memória e de reafirmação de seu caráter de luta, já se constituiu como uma 
tradição de nossa Organização e do Anarquismo de um modo geral. Em nosso 19º Ato Político 
Cultural de 1º de Maio, compartilhamos com companheiros e companheiras de distintos 
lugares, distintas idades e lugares de militância, alguns momentos em que pudemos fazer 
memória sobre a data, falar das origens de nossa concepção sindical, socializar elementos 
de análise da conjuntura atual e confraternizar com um pouco de música latina combativa 
brindada pela companheirada da La Digna Rabia. ---- Quase uma centena de pessoas concorreu 
na fria tarde do dia primeiro ao Ato que foi realizado no espaço do Clube de Cultura, 
local em que nossa Organização manterá em funcionamento a Biblioteca "A conquista do Pão" 
e as atividades de debates, charlas, exibição de vídeos e grupo de estudos do Ateneu 
Libertário, todas abertas ao público.


O Ato iniciou com as boas vindas aos participantes e a exibição do vídeo Maio, Nosso Maio 
que de maneira didática e através da animação em desenho resgatou muito bem a história das 
origens da data, seu caráter e o fato dela não ser propriedade de uma ou de outra 
ideologia (seja a ideologia Anarquista ou Marxista), mas do conjunto das classes 
oprimidas. O 1º de Maio é da Classe Trabalhadora! Em seguida, fizemos a leitura de um 
material preparado por nossa Organização em memória aos 200 anos do anarquista russo 
Mikhail Bakunin, em que falamos sobre a estratégia que o mesmo apostou para o movimento 
operário, com elementos de concepção sindical que acreditamos justa aos dias de hoje, 
resgatamos uma breve genealogia da Greve Geral e reafirmamos o Socialismo em que 
acreditamos: um Socialismo com Liberdade! Mas o Ato também foi momento de falar do hoje, 
da conjuntura que vivemos enquanto militantes anarquistas, do contexto da repressão e 
criminalização e dos problemas advindos da agenda dos Mega Eventos como a Copa do Mundo 
para os de baixo. Momento importante em que compartilhamos definições políticas e 
apontamos prioridades no marco de um período mais revolto, com mais luta e que coloca na 
ordem do dia a necessidade de fortalecer os espaços de organização dos de baixo numa 
perspectiva combativa e independente da sorte dos governos de turno e da agenda eleitoral 
burguesa.
Por fim, alguns companheiros fizeram uso da palavra para falar de seus contextos de luta, 
como um morador da Ocupação Saraí, em Porto Alegre, que sofre com ameaça do despejo de 
diversas famílias e companheiros trabalhadores dos Correios que fizeram uma saudação ao 
Ato e as lutas em curso na sua categoria e na cidade. Além da La Digna Rabia que animou 
cada momento com cumbia, rock latino e ska combativos.
Esse foi um ato importante para nossa militância, pois além do clima fraterno e 
aconchegante, possibilitou que reafirmássemos as convicções ideológicas e políticas que 
orientam o dia a dia de nossa militância enquanto anarquistas que somos ombro a ombro com 
os setores das classes oprimidas que formamos parte. À todos/as que se fizeram presentes 
nesse momento, nossas saudações anarquistas e nosso convite para dar continuidade, na 
luta, à forja de um caminho de Socialismo e Liberdade!
Viva os mártires de Chicago!
Viva o 1º de Maio das Classes Oprimidas!
Viva a Anarquia!
Federação Anarquista Gaúcha
Imagens originais: Antropo TV (https://www.facebook.com/antropotv?fref=ts)
https://www.youtube.com/watch?v=JWYvCyB_XBM


More information about the A-infos-pt mailing list