(pt) France, Alternative Libertaire AL #239 - Solidariedade em Ação: Fazendo movimentos para custos (en, fr) [traduccion automatica]

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Sábado, 14 de Junho de 2014 - 12:35:28 CEST


O Sindicato Solidariedade lançou em abril uma campanha de união em torno de uma observação 
final: "Os capitalistas nos custou!." campanha que pretende ser um passo na afirmação de 
um sindicalismo alternativo, massa e classe. ---- Se o dominante conseguiu impor na mídia 
e lidera a fraude do chamado "custo do trabalho", é para colocar o registro reto, 
designando claramente aqueles caro (muito caro) para os capitalistas da sociedade. ---- 
Como exemplo podemos falar mais. Em 2007, a parcela dos dividendos pagos de volta para os 
acionistas da CAC 40 foi de 48%, que já era a melodia de US $ 41 bilhões dos 96 bilhões de 
resultados. Em 2013, para os acionistas não perder muito, é um pouco mais de 39.000 
milhões dólares que foi doado a eles, uma quantia que representa neste momento 81% dos 
resultados do ano1! Mas é ainda empregado-es que o Governo PS-MEDEF decidiu boates 
novamente. Certamente, a crise não é para todos.

Elevar a pressão

Foi no Conselho Nacional de Solidariedade janeiro 20142, sob proposta da Solidariedade 
Gard, é decidido a realizar uma grande campanha de vários meses contra a austeridade. 
Pacto "responsabilidade" é, então, no processo de desenho e, em seguida, nós sentimos o 
golpe vai, mais uma vez, ser grande.

A CGT lançou sua própria campanha em novembro sobre o custo de capital3 e Solidariedade 
decidiu fazer o mesmo, com uma diferença importante: não é neste tipo de custo de capital 
que seria legítimo ou não (isso propor que os economistas convidados pela CGT), mas para 
indiciar a aberração social, econômico, humano e ecológico que o sistema capitalista como tal.

Um grupo de trabalho foi criado, composto por representantes de organizações 
profissionais, e trabalhando em um hardware e uma agenda de campanha. A quatro páginas 
denunciando os "4 custos do capitalismo" é impresso dezenas de milhares de cópias, um 
display central é desenhado em dois formatos, para painéis de união, mas também para colar 
em zonas industriais e parques empresariais comercial. Especialmente, memorando interno 
regular é programado ea publicação de cartazes temáticos quinzenal. Finalmente, a página 
dos parceiros do site é dedicada a identificar várias iniciativas tomadas por organizações 
profissionais ou territoriales4.

Para atender as es-funcionários, discutir com outras equipes sindicais, isto é o que deve 
primeiro ativar esta campanha. Mas os sindicatos, é também a luta de classes. O trabalho 
de explicação e de crença, se necessário, não pode ficar por conta própria. Congresso de 
Solidariedade, a ser realizada de 2 de junho a 6, será a hora de fazer um progresso na 
campanha e discutir uma iniciativa nacional que só poderia ajudar a construir o retorno 
social. Isto é o que pode e deve ser uma campanha de união para fornecer os meios de acção.

Solidariedade comunista libertário


More information about the A-infos-pt mailing list