(pt) France, Alternative Libertaire AL - Copa do Brasil está cheio! (en, fr) [traduccion automatica]

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Domingo, 1 de Junho de 2014 - 11:50:26 CEST


Brasil sedia a Copa do Mundo em julho de 2014 e os Jogos Olímpicos da Juventude, em 2016, 
absorvendo grandes quantidades de dinheiro, enquanto que muitas das necessidades básicas 
da população não está satisfeito. Para os efeitos do espetáculo esportivo, mais de 170 mil 
famílias foram atiradas para a rua! ---- A Federação Internacional de Futebol Associado 
(FIFA) e do Comitê Olímpico Internacional (COI) não sei a lógica do dinheiro. FIFA, o COI 
e os estados que os apoiam potável em fundos públicos desprezar as pessoas que vivem em 
países onde eles organizam seus shows: os gastos extravagantes, a repressão autoritária e 
deslocamento costumam acompanhar essas iniciativas. ---- Brasil não é exceção. ---- 
Afirmamos nossa solidariedade com aqueles que, no Brasil, se recusam a Copa do Mundo é o 
pretexto para medidas sérias, que atacam diretamente a população, especialmente os mais 
pobres e visam especificamente aqueles que resistem e exigem direitos fundamentais:  Bill 
estende perigosamente possível recurso a medidas "anti-terrorismo"  da proibição e 
repressão de manifestações.  campanhas difamatórias contra os que se opõem ao desafio das 
liberdades.  Ocupação de favelas por forças militares e policiais, que se estende inúmeras 
expulsões para os sites da Copa do Mundo e Jogos Olímpicos de 2016. Mais de 170 mil 
famílias foram jogados na rua!  Organização por redes mafiosas de prostituição em larga 
escala em todos cidades onde as partidas serão realizadas, com tudo o que isso implica em 
termos de violência e de negação dos direitos humanos.

Os sindicatos e os movimentos sociais no Brasil organizar a resistência e com razão se 
recusam a se render por causa da Copa do Mundo. "O dinheiro vem para a FIFA e as empresas. 
Queremos dinheiro para a saúde, educação, habitação, transportes públicos e de reforma 
agrária ", dizem eles, e eles estão certos!

Mais uma vez, um "grande evento esportivo", que se traduz em bilhões de dólares em lucros 
(durante a Copa, mas também antes e depois!) Para a construção multinacional, mídia, 
comércio, etc., É o pretexto para ataques graves contra os trabalhadores, contra as 
populações mais pobres, contra as liberdades de todos.

No verão passado, enormes manifestações em muitas cidades brasileiras destacaram os 
problemas sociais neste país conhece; greves ocorrem todos os dias e importantes 
movimentos recentes mostram que os trabalhadores não vão permanecer em silêncio durante as 
suas legítimas reivindicações da Copa do Mundo, os movimentos de luta dos sem-terra 
incansavelmente para a sobrevivência de milhões de pessoas, de outros lutam pelo direito à 
moradia e do exército destruído favelas, sem se preocupar em todos os povos e os 
habitantes, novas manifestações de massa são emergentes, as experiências de recuperação de 
terras de auto-gestão, meios de produção e áreas de vida são realizadas ...

Organizamos comícios em apoio 12 junho de 2014, o dia de abertura da Copa do Mundo, mas 
também as grandes manifestações de rua no Brasil, para Paris, que vai reunir perto da 
embaixada brasileira .

Nossas organizações também decidiu levar a cabo um conjunto de informações sobre a 
situação social e da campanha de direitos humanos no Brasil, por meio de ações de 
popularização (newsletter, reuniões públicas, torneios de futebol, ...)

Organizações primeiro signatário: AITEC / IPAM, libertário Alternativa, ATTAC, CNT, 
CNT-SO, Direito à Moradia, Empoderamento das Mulheres, União, França América Latina, 
Insurgente, NPA, No Vox, de colonialismo, Sindicato Solidariedade.


More information about the A-infos-pt mailing list