(pt) Uniaoan Arquista UNIPA - Bakunin? Presente! (en) (Correction)

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Quinta-Feira, 31 de Julho de 2014 - 15:22:43 CEST


Em meio a pressão e atenção redobrada frente ao Estado policial cada vez mais repressivo, 
o que não faltaram nos últimos dias foram boas gargalhadas. A notícia de que Bakunin 
estaria no mesmo inquérito do qual foram presos diversos ativistas no Rio de Janeiro foi o 
ápice do absurdo. No inquérito, Bakunin é identificado como "potencial suspeito", e isso 
por conta de manifestantes haverem citado seu nome em ligações telefônicas. Diversas 
iniciativas foram tomadas, especialmente nas redes sociais, para expor a situação absurda 
de perseguição política, expor o absurdo das "provas" apresentadas, expor a ignorância da 
investigação, enfim, expor a farsa desse inquérito. ---- Vivenciamos tempos controversos 
na política brasileira. Com o "caso Bakunin", a repressão brasileira mais uma vez 
demonstra também suas fragilidades, demonstra que ela também se atrapalha e se emburrece 
na medida que se intensifica. O que todos podemos ver é que não existe Polícia onipotente, 
não existe Vigilância onipresente, não existe Investigação onisciente. Não! Todos os 
"super-poderes" vendidas pelas forças repressivas (e apoiada pela mídia), com vista a 
gerar medo na população, buscam dar ares de "invencibilidade" e "naturalização" a uma 
entidade histórica e finita que é o Estado.

Por outro lado, de forma alguma devemos subestimar a repressão, muito menos descansar na 
vigilância e na manutenção de nossa segurança. A realidade brasileira tem dado provas 
suficientes (para todos os grupos e indivíduos que tem lutado) de que os tempos de 
amadorismo acabaram. A luta revolucionária exigirá mais de cada militante e de cada 
organização que ainda se pretender seguir nesse caminho. Porém, mais do que nunca, sabemos 
que não estamos sozinhos, sabemos que em algum lugar das barricadas os mártires do 
anarquismo revolucionário ainda lutam conosco, ainda são um espectro rondando e 
amedrontando as cabeças dos inimigos do povo, ainda seguem tirando seus sonos...

Bakunin vive e vencerá!
Avante o anarquismo revolucionário!
Liberdade aos Presos Políticos!


More information about the A-infos-pt mailing list