(pt) France, Alternative Libertaire AL - anticolonialismo - No entanto, a Palestina vai viver! (en, fr) [traduccion automatica]

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Domingo, 20 de Julho de 2014 - 18:52:41 CEST


Em 17 de julho, Israel lançou uma ofensiva terrestre contra Gaza como bombardeios 
israelenses mataram mais de 200 pessoas mortas. Como sempre, o governo de Israel afirma 
que "garantir a segurança" eliminar "terroristas", mas, na realidade, esses ataques afetam 
principalmente a população civil, incluindo crianças, e reforçar o clima de medo e raiva 
que prevalece na Palestina. ---- Israel estado colonial! ---- Desde 1948, a Palestina 
sofre a ocupação israelense, e centenas de milhares de pessoas foram expulsas de suas 
terras, suas casas, seu país. Desde 1967, a Cisjordânia ea Faixa de Gaza são colonizados, 
suprimida, arruinado pelo ocupante. ---- Desde 1967, Israel não tem respeito por 
resoluções da ONU e até mesmo realizado desde 2002, a construção de um muro de separação 
que vai muito além das fronteiras internacionalmente reconhecidas e lhe permite capturar 
ambos os territórios e água.

Resistência na Palestina e em Israel

Diante existe essa resistência, seja na Palestina ou Israel. Porque não se deve presumir 
que tudo e todos os israelenses apóiam o governo de Netanyahu: lá em vez de grupos 
israelenses como "  Anarquistas contra a parede  ", denunciando e lutando contra o 
apartheid organizada pelos partidos sionistas.

Sionismo pior inimigo dos judeus progressistas

Da mesma forma, na França, de frente para as instituições (como o CRIF) e grupos de 
batalha (como o JDL), que são os porta-vozes da direita israelense extremo, existem 
organizações judaicas progressistas recusa do governo israelense falar por todos os judeus 
que se recusam a instrumentalização do Holocausto pelos partidos sionistas.

Palestina vai viver!

Condenamos a política colonialista de Israel, bem como a passividade culpado das potências 
ocidentais e países árabes que apoiam por suas declarações cínicas ou o seu silêncio 
cúmplice, o imperialismo israelense. Assim, Valls e Holanda, não o fizemos ouvido desde o 
início da ofensiva israelense, fazer de tudo para desacreditar o movimento em apoio ao 
povo palestino. Na França, a solidariedade com o povo palestino é expressa, em especial, 
pela campanha "Boicote desinvestimento" Sanções (BDS) contra Israel , nós chamamos para 
participar e ampliar.

Pare o sionismo! Pare de Anti-semitismo!

Condenamos, também, grupos como o JPL, a pretensão de defender todos os judeus, mas na 
realidade só defender partidos nacionalistas israelenses. Ao contrário deles, nós não 
confundir os judeus e sionistas.

E se denunciar o sionismo, também denunciar apoiantes Soral ou Dieudonné que querem 
transmitir seu ódio aos judeus no movimento de solidariedade com o povo palestino. A 
resistência do povo palestino não é uma guerra religiosa , apesar do que nos querem fazer 
engolir os fundamentalistas religiosos de ambos os lados: é uma luta contra o colonialismo 
da ocupação israelense!


Sem colonização na Palestina!
No bombardeio em Gaza!
Não sionismo, não anti-semitismo!
Sim resistência contra o apartheid e por uma Palestina livre de sua escolha, secular e 
democrática!
Sim, o retorno de-driven refugiados es-es de sua terra!
Links www.alternativelibertaire.org/?La-Palestine-vivra


More information about the A-infos-pt mailing list