(pt) Brazil, Anarkio.net: A-Info #17 - O Luto e a Luta (en)

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Sábado, 16 de Março de 2013 - 09:33:23 CET


Aos que insistem na ideia de que uma manifestação é perda de tempo, acabamos de ter uma 
grande resposta e fazemos questão de esfrega-la em suas caras: neste momento, o assassino 
de Bianca Lara não é mais uma ameaça a sociedade. ---- Enquanto a PM de Barão Geraldo 
estava mais preocupada em obrigar manifestantes a apresentar seus documentos para fazer um 
B.O, o assassino estava indo confessar seu crime. ---- A opressão e exploração não param. 
---- Uma cultura de opressão e exploração não acaba de um dia para o outro e nem é 
destruída por qualquer grupo institucional com a lógica do sistema. Não ocorrerá uma 
mutação antagonica que fará a ficha cair e todxs deixarão o sistema, levando-o há um 
colapso. ---- Esperar isso, sustentando partidos e blocos reformistas é perda de tempo. Se 
ao menos se mantivessem assim, os transtornos desse reformismo seriam menores.

Mas não o bastante retartar o movimento revolucionário, ainda procuram atacar, frear e 
reduzir as ações daquelxs que não querem esperar os reformismo. É lamentável!
Mostramos que o anarquismo é a fonte mais rápida e segura de romper com todas as
estruturas de controle, poder, de opressão e exploração, cabendo a cada um a
responsabilidade e compromisso de ação. Sem esse compromisso, não há a reorganização 
social em molde libertários.

As possibilidades reformistas dão tempo e
folego para a opressão e exploração em todos o
niveis. Com isso, não só a opressão e exploração
se fortalecem, mas se multiplicam, se replicam
através de suas instituições doutrinárias. A
sociedade baseada nesses elementos não
consente axs individuxs livres. Se queremos a
liberdade e justiça, isso só através de
organizações de rupturas em todas as escalas
culturais, sociais, economicas, sexuais,
educacionais etc. Até agora, o anarquismo se
mostrou imune aos avanços dos totalitários, dos
vanguardistas, dos opressores e exploradores.
Unidxs, paramos o sistema e o destruimos!

Tá esperando o que?

É fácil atribuir a prisão deste homem as autoridades ou as orações,
mas é difícil compreender que os verdadeiros milagres acontecem quando
o povo se une fazendo seus opressores perceberem que, mesmo depois de
mortas, suas vítimas ainda tem muitas vozes, e elas gritam!
A prisão de Jovano não é mérito do homem que o exibe como troféu à
população com um sorriso de orgulho em seu rosto, tampouco é mérito de
policiais que em determinado momento pareciam mais preocupados em
impor sua "autoridade" sobre meia dúzia de manifestantes, inclusive
menores de idade, ao fim do protesto. Esta prisão é mérito dos que,
apesar do luto, não deixaram de lutar, é mérito das amigas e amigos fiéis
da Bianca Lara, de seus professores e funcionários de sua escola, de
todos os coletivos como a Marcha das Vadias que prontamente se uniram
a causa e de todxs aquelxs que pararam o trânsito, ou mesmo não
conhecendo Bianca Lara, acreditaram, sensibilizaram-se e uniram-se ao
protesto contra o ato monstruoso fruto de uma cultura machista
opressora!
Infelizmente não podemos retroceder no tempo e impedir sua morte,
mas lutamos e hoje existe um estuprador a menos nas ruas. Infelizmente
não pudemos salvar a vida de Bianca, mas quantas vidas ela não salvou
com sua presença em nossos gritos?

Um Anarquista


More information about the A-infos-pt mailing list