(pt) Acção Directa #7 - Boletim do Colectivo Libertário de Évora - P. 6 - Anarquismo & Organização

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Quarta-Feira, 10 de Julho de 2013 - 14:37:27 CEST


A presença do livro anarquista na Feira do Livro de Évora, promovida pelo Colectivo 
Libertário de Évora e colaboração com a Livraria “Ler Com Prazer” serviu para promover os 
livros e a imprensa libertária. Os nossos agradecimentos também ao Centro de Cultura 
Libertária de Cacilhas que nos disponibilizou grande parte do material. ---- CLE --- 
Polícia: bater, reprimir e matar não é trabalho! ---- É impossível olharmos para os 
acontecimentos da última semana no Brasil e na Turquia sem referir o papel da polícia 
nesses eventos. ---- Numa sociedade democrática como aquela que querem fazer pensar que 
vivemos a polícia tem como missão “assegurar a liberdade democrática, garantir a segurança 
in terna e o livre exercício dos direitos fundamentais dos cidadãos, bem como o normal 
funcionamento das instituições democráticas”, ora do meu ponto de vista apenas um dos 
quatro pontos referidos tem sido cum prido.

A polícia proíbe a liberdade demo-
crática, causa insegurança aos cidadãos,
reprime o livre exercício dos direitos civis,
e apenas garante o normal funcionamento
das instituições democráticas, mas com um
pequeno senão, essas instituições não são
democráticas como se tem constatado.

É impossível a uma pessoa normal ver a
atuação da polícia nos eventos da semana
passada e não sentir o mínimo de repulsa
ou aversão, para não falar de odio ao papel
da polícia. Ora podem dizer que estão ape-
nas a cumprir o seu dever, e que tem filhos
para alimentar entre outras desculpas, mas
vendo as coisas por esse prisma o ladrão ao
roubar também faz o seu trabalho tal como
o traficante de droga tem filhos para ali-
mentar.
Bater, reprimir, e matar não é trabalho.

FL (recebido por email)

-------------------------------------------

Fascismo nunca mais!

No passado dia 5 deste mês foi assassinado por fascistas, em
Paris, um jovem militante anarquista , Clèment Méric, que
integrava um colectivo antifascista pariesnse e militava no sin-
dicato estudantil Solidaires Etudiants. A sua morte foi pretexto
para várias manifestações e concentrações por toda a França e
também no estrangeiro. Na altuar, o Colectivo Libertário de
Évora traduziu o comunicado emitido pela Federação Anar-
quista Francesa.

“Clément, 18 anos, morreu, assassinado por fascistas, a 5 de
Junho, perto de Saint-Lazare. Uma só frase é suficiente para expri-
mir toda a gravidade da situação.

O fascismo e os fascistas não pertencem ao passado, a ameaça
está sempre presente, foi isso que ficou provado. Face a a eles,
devemos organizarmo-nos, lutar, criar um bloco. Mostrar-lhes que
nós estaremos sempre aqui para lhes barrarmos o caminho. Que as
suas ideias não valem o que valem as nossas e que por isso não há
lugar para nenhum debate.

É preciso também denunciarmos vivamente as recuperações
malsãs e politiqueiras já posta em marcha por organizações social-
democratas ausentes do terreno da luta antifascista. Estamos a
pensar em particular na Unef (União dos estudantes franceses) e
no Parti de Gauche (Partido de Esquerda) que não esperaram para
organizar, cada um por si, uma concentração de homenagem ao
nosso camarada. Como não agem, esta gente apropria-se dos mor-
tos porque são menos perigosos. Já se ouvem os apelos à Justiça,
ao Estado e ao governo para que proibam as organizações fascis-
tas mas há quanto tempo é que as organizações e os grupos revo-
lucionários fazem soar as campainhas de alarme para esta situa-
ção?

Clément era militante da Action Antifasciste Paris-Banlieue et
do sindicato estudantil Solidaires Etudiant-e-s Sciences Po. Era
antifascista e revolucionário.

A Federação Anarquista envia modestamente as suas condolên-
cias à família e aos próximos de Clément e afirma que se aliará a
todas as forças revolucionárias, progressistas e honestas para pres-
tar homenagem a Clément e continuar a defesa do seu envolvi-
mento militante, que não morreu com ele.
Federação Anarquista Francesa “


More information about the A-infos-pt mailing list