(pt) Federação Anarquista Gaúcha - FAG · Tarso Genro deveria devolver os livros

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Segunda-Feira, 1 de Julho de 2013 - 07:54:53 CEST


Governador do Rio Grande do Sul e ex-ministro da Justiça, Tarso Genro deveria pedir à sua 
polícia que devolva aos militantes da Federação Anarquista Gaúcha os livros que capturou 
durante uma diligência feita em sua sede. ---- Apreender livros não fica bem para um 
governador que se diz empenhado numa “revolução democrática”. A situação piora quando se 
vê que o chefe da Polícia Civil, delegado Ranolfo Vieira Jr., informou que “é importante 
dizer que foi apreendida vasta literatura, eu diria assim, a respeito de movimentos 
anarquistas”. ---- O comissário Genro sabe que a expressão "vasta literatura" vem de outro 
tempo, quando apreenderam até "O vermelho e o negro", romance de Stendhal. No caso, 
admita-se que em muitos países do mundo se pensa, como em Porto Alegre, em recolher obras 
de Noam Chomsky.

Em 2002 o professor esteve em Porto Alegre para o Fórum Social Mundial, festejado pelo PT. 
O comissariado mudou, e Chomsky não acompanhou os novos tempos.
O problema torna-se significativo quando se sabe que na “vasta literatura” estava um 
volume de “Os anarquistas no Rio Grande do Sul” com histórias e fotos de velhos militantes 
(todos mortos) do anarquismo local. Ele foi publicado em 1995, informando que os “direitos 
desta edição” eram da Secretaria de Cultura de Porto Alegre, na gestão do prefeito Tarso 
Genro. O autor, João Batista Marçal, jamais recebeu um tostão pela obra.


Leia mais sobre esse assunto em 
http://oglobo.globo.com/pais/a-passeata-de-1968-foi-fim-de-um-ciclo-8860391#ixzz2XlHeIvTd


More information about the A-infos-pt mailing list