(pt) Fédération Anarchiste / IFA : Solidariedade com nossos camaradas anarquistas egípcios ! (fr)

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Terça-Feira, 5 de Fevereiro de 2013 - 23:07:46 CET


Fundado o 23 de maio de 2011 no Cairo, durante a revolução egípcia, o Movimento Social 
Libertário, não se contentou em participar efetivamente na onda que acabaria por levar 
Mubarak e o governo, continuou a lutar e crescer, recusando-se a deixar a rua e o poder a 
Irmandade Muçulmana. -- Com base num projecto de sociedade sem classes, livre do Estado e 
do capitalismo, os camaradas egípcios participaram ativamente nas recentes manifestações 
de oposição ao Presidente Morsi, através, em particular,de um black bloc egípcio sem 
hesitar em enfrentar a polícia. Vários militantes do movimento libertário foram presos 
durante estes dias de revoltas, e levados perante os tribunais. ---- Quarta-feira, 23 
janeiro, durante uma reunião pública no tribunal de Alexandria, a polícia responsável pelo 
controlo da sala, de repente, sem nenhuma razão, carregou o público (espancamentos e 
detenções).

Entre as 31 pessoas presas estavam quatro camaradas do Movimento Social Libertário.
Esses camaradas são :
- Mohamed Ezzdine
- Amir Asaad
- Mohamed Albadri
- Houssine Mohamed.

Eles são acusados de associação de bandidos tantando ação de vandalismo,
de destruição de propriedade pública e de uso da violência contra membros
da força pública. Eles quatro são membros ativos da MSL e ainda estão
presos, pendente de julgamento, alegando que seus libertação poderia
causar perturbação à ordem pública.

A Federação Anarquista dá seu total apoio ao Movimento Social Libertário
egípcio na sua luta contra a opressão, qualquer forma que seja e de
solidariedade com os companheiros presos e detido sob pretextos
arbitrários.

Assim como o MSL, a Federação Anarquista acusa o Ministério egípcio do
Interior de abuso de poder e de vingança sobre os anarquistas egípcios e
que governo fascista da irmandade muçulmana de estar por trás destas
detenções.

Apesar da repressão, no Egito, como em outros lugares, continuaremos nossa
luta até abolição do Estado e do capitalismo !

Federação Anarquista, 4 de fevereiro, 2013.


More information about the A-infos-pt mailing list