=?iso-8859-1?Q?[Gr=E9cia]_Comunicado_da_Assembleia_de_Anarquistas/Antiaut?=orit�rios da=?iso-8859-1?Q?Anarquistas/Antiautorit=E1rios_da_ilha_de_Creta_[gr]?=

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Quinta-Feira, 22 de Março de 2012 - 13:30:39 CET


A Assembleia de Anarquistas/Antiautoritários de toda ilha de Creta é um processo que
começou no outono de 2011 para coordenar e organizar o movimento
anarquista/antiautoritário na área geográfica da ilha de Creta. Esta assembleia é
apoiada por grupos existentes na ilha, com o fim de melhorar a coordenação, a
discussão política e ideológica entre as diferentes tendências do movimento, para
que nossas ações sejam mais eficazes, geograficamente difundidas e dirigidas a um
objetivo, e que nosso discurso conte com uma base comum, que será desenvolvida
através de processos horizontais.
O caráter da Assembleia de Anarquistas/Antiautoritários em Creta não é temporal, mas
regularmente serão realizadas reuniões com um tópico específico. Para mais
informações ou contato, se pode contatar com os grupos existentes na ilha. Segue
abaixo o texto da primeira Assembleia de Anarquistas/Antiautoritários de toda Creta.

A estilhaçar o velho mundo.

As promessas da Soberania de bem-estar social já se esgotaram.

Estamos vivendo em um estado de emergência e as promessas estão sendo substituídas
pela intensificação da exploração laboral, a intensidade da vigilância e do controle
em todas as áreas da sociedade, o papel incrementado da Repressão e a eliminação das
conquistas sociais em todos as áreas da vida social (trabalho, segurança social,
pensões, educação, saúde, etc.).

Os patrões mandam a unidade nacional, ou seja, uma trégua entre explorados e
exploradores, e o pleno consentimento para saquear todas as nossas vidas.

Atrás deles estão às lojinhas partidistas dos sindicalistas-contratados, que
funcionam e continuam funcionando como uma válvula de escape das lutas sociais,
correndo para salvaguardar o Sistema da raiva social.

Já passou a época em que a apatia e o individualismo tinham espaço em nossas vidas.

A organizar a resistência e os nossos desejos e necessidades.

Nos organizamos coletivamente, em lutas polimórficas, combativas e sem mediadores,
em assembleias de bairro, nos sindicatos de base auto-organizadas, em grupos
autônomos em escolas e universidades.

Intensificar a luta com manifestações e greves combativas, ocupações, sabotagem da
produção e dos serviços, expropriações em massa.

Nós construímos relações e estruturas de solidariedade mútua, fundos para as
necessidades das greves e fundos de solidariedade, intercâmbio de bens e serviços,
cozinhas coletivas, recusa em massa para pagar contas de eletricidade e água,
impostos, empréstimos, transporte público.

A luta contra a intensificação da exploração e a opressão, ou será social, de
classe, contra o Estado, antiautoritária e anticapitalista, ou não será nada.

Pelo contra-ataque social e de classe!

Pela organização da vida social desde baixo!


Assembleia de Anarquistas/Antiautoritários de toda Creta


O texto em grego: https://athens.indymedia.org/front.php3?lang=el&article_id=1383989.

agência de notícias anarquistas-ana



More information about the A-infos-pt mailing list