(pt) [Espanha] Solidariedade com os trabalhadores da EULEN-ABB de Córdova, em greve indefinida desde 28 de Novembro

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Sexta-Feira, 20 de Janeiro de 2012 - 11:20:25 CET


Secção CNT-E, Córdoba, EULEN-ABB
Desde 28 de Novembro, os trabalhadores da empresa de trabalho temporário EULEN
(Flexiplan, em Portugal) contratados pela empresa ABB, permanecem em greve e
acampados à porta da fábrica. Estes trabalhadores lutam contra a substituição nos
seus postos de trabalho, após a ABB ter decidido transferir o contrato de
outsourcing com a empresa EULEN para a empresa EUROCEN, uma filial da ADECCO. Desta
forma, a ABB pretende ver-se livre de trabalhadores incómodos, que durante dois anos
não têm cessado de lutar pelos seus direitos.

Comunicado da CNT-AIT (Confederação Nacional do Trabalho, secção da AIT em Espanha):

A CNT de Córdova mantém há mais de 2 anos uma secção sindical organizada na empresa
EULEN, especialmente activa no centro de trabalho da multinacional Asea Crown Bovery
(ABB).

Estes companheiros lutam há mais de 2 anos pela melhoria das suas condições de
trabalho, reivindicando sobretudo a aplicação do convénio colectivo a que têm
direito e o reconhecimento da relação laboral que os une à empresa ABB.

Perante esta situação, a ABB decidiu não renovar o contrato da EULEN, recorrendo a
uma nova empresa para cumprir as funções que até agora eram levadas a cabo pelos
trabalhadores da EULEN. Esta empresa é a EUROCEN, uma filial do grupo ADECCO,
especializada na subcontratação de processos de logística.

Face a tudo isto, os trabalhadores e a CNT convocaram uma greve por tempo
indefinido, desde o dia 28 de Novembro, com o objectivo de pôr fim à situação de
despedimento ilegal, assegurar a estabilidade do quadro e, em último caso, a
passagem de todos os trabalhadores para a nova empresa contratada. Esta é uma luta
dos trabalhadores pela manutenção dos seus trabalhos.

A ABB está a recorrer a várias ilegalidades para tentar minimizar a greve, impedindo
o acesso do comité de greve às instalações, recorrendo a outras subcontratações para
sabotar a greve, utilizando o pretexto da segurança para tentar recomeçar o
trabalho, etc., tentando ganhar tempo até ao dia 1 de Janeiro de 2012 (data em que
cessará o contrato com a EULEN).

A greve está a ser bastante dura para os trabalhadores, que permanecem acampados às
portas da fábrica desde o dia 28 de Novembro. Têm sido realizadas mobilizações e
acções tanto na cidade de Córdova como noutras cidades de Espanha onde há delegações
da ABB e da ADECCO.

Apelamos às secções da AIT para que alarguem esta campanha de solidariedade às sedes
e delegações da ABB e da ADECCO em todo o mundo. Conhecemos o impacto nas empresas
que este tipo de acções pode ter.

CNT-AIT de Córdova


Mais informação em http://cordoba.cnt.es

Formulário para envio de e-mails de protesto:
http://www.priamaakcia.sk/index.php?action=soliMail&soliMail_id=21&lan=en

Endereços das empresas:
ABB: http://www.abb.es/cawp/essup501/4449f2e400529786c1257195004e300c.aspx
EUROCEN - ADECCO: http://www.adecco.com/en-US/Pages/Worldwide.aspx


Foi aberta uma conta para a Caixa de Resistência dos tr abalhadores em greve. Para
transferências internacionais, os dados são os seguintes:

Conta: 2103 0833 36 0030001848
IBAN (Formato impresso): IBAN ES65 2103 0833 3600 3000 1848
IBAN (Formato electrónico): ES6521030833360030001848


[remetente: profosp <profosp  bol.com.br>]



More information about the A-infos-pt mailing list