(pt) [França] 68º Congresso da Federação Anarquista em Corbigny

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Segunda-Feira, 27 de Junho de 2011 - 20:50:16 CEST


O 68º Congresso da Federação Anarquista francófona aconteceu entre os dias
11, 12 e 13 de junho em Corbigny, no La Nièvre. Em torno de 120 delegados
se reuniram numa antiga abadia, abandonada pelos monges desde a Revolução
Francesa e rebatizada de “Abadia do desfrute”.
A manhã do sábado foi consagrada ao recebimento dos congressistas, adoção
da ordem do dia e a composição das mesas de discussão. Em seguida o
secretariado geral forneceu um informe sintético dos secretariados, e após
isso, os informes dos administradores de obras, do tesoureiro e dos
comissários de contas.
Ao meio-dia de sábado deu-se o debate sobre a estratégia política da
Federação anarquista, as orientações e desembaraços práticos. Esse debate
foi seguido de uma reunião pública sobre o tema “O anarquismo – idéias
aprovadas” com Philippe Pelletier.
A sessão da manhã de domingo foi consagrada ao funcionamento da Federação,
notadamente de suas obras (Livraria Público, Rádio Libertária e Jornal Mundo
Libertário...). Um próximo congresso extraordinário deverá prolongar a
reflexão sobre o papel de nosso jornal (enquanto a reunião da imprensa
militante) contra a reforma “liberticida” da Presstalis. Tanto o formato
semanal do jornal como sua presença na lojinha virtual foram confirmadas.
Nossos “Princípios de base” constituindo o pacto associativo da Federação
anarquista, sofreram acréscimos com a introdução da luta contra o sexismo,
o patriarcado e as dominações de gênero. Ainda, o princípio da
participação da Federação Anarquista na compra de um novo local militante
em Poitiers foi adotado. Se finalizou a manhã com a palavra dos
convidados, notadamente dos coletivos de Dijòn do Espaço Autogestionado
dos Cortumeiros e Maloka, o Coletivo Jardim Potager, os ceifadores  da OGM
(Organismo Geneticamente Modificado), Food not Bombs, Anarchist Black
Cross...
A sessão de meio-dia do domingo foi ocupada pela reunião de numerosas
comissões (estratégia, antifascismo, meios de comunicação, liberdade de
expressão, energia e meio ambiente...), seguida da leitura dos relatórios
de cada comissão em sessão plenária. A isso se seguiu uma noitada festiva
e musical ao ar livre com três grupos locais. A última sessão, na segunda
de manhã, foi dedicada a adoção de mandatos e das moções para se concluir
com a nomeação de diversos secretários e administradores.
Nós não podemos terminar essa prestação de contas sem cumprimentar e
agradecer de novo aos grupos La Mistoufle de Dijòn e La Vache Noire, de
Chalons-sur-Saône por seu acolhimento caloroso e sua organização perfeita
desse 68º Congresso da Federação Anarquista.
Tradução > Tio TAZ
agência de notícias anarquistas-ana




More information about the A-infos-pt mailing list