(pt) [Itália] Informe da participação da USI-AIT na greve geral

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Segunda-Feira, 14 de Fevereiro de 2011 - 10:30:43 CET


[Na jornada de greve geral, em 28 de janeiro, manifestações ocorreram em
várias cidades, com a participação dos militantes da USI-AIT
(anarcosindicalista), que organizaram blocos bem visíveis. Estas são
informações sobre algumas delas.]
Florença: Na manifestação pela greve convocada pela USI-AIT, CUB e COBAS,
organizada pela assembléia cidadã, participaram cerca de 2.500 pessoas,
entre trabalhadores e estudantes. Foram representadas diversas realidades
de toda a região da Toscana.
Teve um bom resultado, considerando o fato de que muitos trabalhadores
tinham optado por participar da manifestação do sindicato dos metalúrgicos
FIOM-CGIL, em Massa. No bloco organizado pela USI, participaram uma
centena de pessoas.
Milão: Excelente participação na marcha do sindicalismo de base, que
contou com a presença consistente da USI. A marcha terminou em frente à
sede da Assolombarda (setor da Lombardia da patronal), onde houve momentos
de tensão com a polícia, mas sem conseqüências.
Udine e Trieste: Em Udine, mais de 1.000 participantes na manifestação
regional. Com a colaboração dos companheiros libertários do centro social
da cidade, foram distribuídos 500 folhetos assinados pela USI-AIT. Isso
foi muito importante para esclarecer, entre os trabalhadores, quem são a
USI-AIT (em Udine há um dos grupos romanos divisores da USI, que em
ocasiões tentam deslegitimar a USI-AIT, inclusive ameaçando pessoalmente
um colega sindicalista local). Em Trieste, apesar do vento muito forte
(100 km/h), dezenas de pessoas participaram da manifestação, organizada
pela USI e COBAS.
Ancona: Manifestação de cerca de 7.000 pessoas, onde participaram todas as
organizações (USI-AIT, COBAS, FIOM). O bloco vermelho e negro, organizado
pela USI e a Assembléia Anárquica Marchigiana, composta por trabalhadores
(do setor público e metalúrgico), desempregados, aposentados e estudantes,
marcharam juntos atrás de um banner em solidariedade com o povo tunisiano.
Centenas de panfletos da USI foram distribuídos (800 destes dedicados à
situação local). O desfile, que passou em frente à sede local do PDL,
liderada pelas forças de desordem, terminou na porta, como de costume
nessas ocasiões.
Gênova: 10.000 pessoas manifestaram-se em duas passeatas separadas: uma da
FIOM e outra do sindicalismo de base, onde participaram os militantes da
USI no bloco do sindicalismo alternativo.
Mais infos e fotos: http://www.usi-ait.org/
agência de notícias anarquistas-



More information about the A-infos-pt mailing list