(pt) [Espanha] A CNT finaliza o processo congressual

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Quinta-Feira, 14 de Abril de 2011 - 16:58:01 CEST


A CNT inicia a implementação de importantes acordos em ação sindical e social
A CNT terminou no último fim de semana a última fase do processo
congressual que se iniciou há um ano, e que teve seu ponto culminante nas
sessões do X Congresso Confederal, celebrado em Córdoba entre 4 e 8 de
dezembro de 2010.

Este processo, que coincidiu em tempo com a comemoração do Centenário
(1910-2010) da organização, implicou um importante processo de debate dos
sindicatos que a formam, analisando a realidade atual para melhorar a
organização e as ferramentas de luta do anarcossindicalismo.

Ratificados os acordos do X Congresso, a CNT inicia agora a implementação
dos mesmos, com atenção especial à ação sindical e social do sindicato.

O Congresso elegeu um novo Secretário Geral, e foi renovado o Secretariado
Permanente do Comitê Confederal, que passa a residir em Córdoba, e que foi
ampliando, incorporando novas secretarias, como Formação ou Novas
Tecnologias, para dar resposta às necessidades da organização.

Neste Congresso, a CNT reafirmou sua oposição ao modelo sindical de
comitês de empresa, eleições sindicais, subsídios e delegação, imposto
desde a Transição, que tem em CCOO e UGT os seus expoentes máximos, e de
cujos efeitos de desmobilização e perda de autonomia e capacidade de luta
a classe trabalhadora deste país está padecendo de forma cada vez mais
alarmante.

Este X Congresso serviu para delinear, com base na importante experiência
obtida nas múltiplas lutas que a CNT manteve nos últimos anos, nosso
modelo alternativo de sindicalismo, desenvolvendo as ferramentas
organizativas necessárias para dar a nossas táticas, a partir da ação
direta e da solidariedade, a máxima efetividade, melhorando, entre outras
coisas, a organização e a coordenação das seções sindicais.

Da mesma forma, a CNT abordou a organização e o impulso do trabalho
setorial, e as vias para enfrentar a fragmentação, a divisão e o
corporativismo de que padecem os/as trabalhadores/as, como resultado da
extensão da subcontratação e das fórmulas contratuais cada vez mais
fragmentadas e individualizadas.

Neste X Congresso, no âmbito social, a CNT aposta pelo trabalho com os
movimentos sociais, e reafirmou sua aposta pela autogestão e a
implementação de projetos de economia coletiva, assim como o apoio a
iniciativas no âmbito da educação libertária.

A CNT sai deste Congresso reforçada para, depois de um período de certa
reflexão interna, voltar-se em direção à rua e aos centros de trabalho,
decidida a enfrentar o brutal ataque que o governo e os empresários estão
submetendo à classe trabalhadora, disposta a converter-se em um referente
social de luta, organização e dignidade operária.

Assim, com o 1º de maio como eixo, a CNT implementa, a partir deste mês de
abril, mobilizações em distintos territórios e cidades, que culminarão em
uma grande manifestação estatal em Madri no mês de junho.

Da mesma forma, a CNT fez um chamado às organizações sindicais para
implementar um calendário de luta para o outono com capacidade de parar e
reverter a agressão que nós trabalhadores e trabalhadoras estamos sofrendo
em toda a Europa.

Secretariado Permanente do Comitê Confederal

---------------------------------------------------

Notícias da AIT
http://internationalworkersassociation.blogspot.com




More information about the A-infos-pt mailing list