(pt) Protestos nas grandes cidades da Itália contra o governo Berlusconi e as reformas nas uni versidades

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Quinta-Feira, 16 de Dezembro de 2010 - 02:37:07 CET


Cerca de cem mil manifestantes saíram à rua em Roma, nesta terça-feira
(14), contra o governo italiano e as reformas nas universidades. Houve
duros confrontos de rua.---Os protestos ocorriam quando o parlamento
votava uma moção de censura ao governo de Sílvio Berlusconi, que acabou
por ser rejeitada. O premiê vai continuar no governo.---A maioria dos
manifestantes eram estudantes, mas também imigrantes, desempregados e
até habitantes de L’Aquila, cidade atingida por um terremoto em abril de
2009, entre outras pessoas revoltadas com o governo Berlusconi, fascista e
racista.---Em frente ao palácio Madama (Senado) as forças de segurança
investiram contra os manifestantes, que revidaram com pedras, fogos de
artifício e bombinhas de tinta contra os policiais e aquele edifício.
Também na zona do palácio Montecitorio (Congresso), registraram-se
conflitos entre manifestantes e a polícia.---Os manifestantes também
lançaram objetos contra o palácio Grazioli, a residência do premiê.
Diversos carros, inclusive da polícia, vidraças de agencias bancárias e
outros estabelecimentos foram atacados.---Pelo menos cinco manifestantes
foram presos e muitos atingidos por golpes de cassetetes ou granadas com
gás lacrimogêneo.---Outras cidades italianas foram alvo de manifestações
Em Palermo, mais de 500 estudantes universitários e secundaristas
bloquearam o aeroporto, conseguindo ocupar a pista por alguns instantes.
Outros manifestantes ocuparam as estações ferroviárias, paralisando o
tráfego dos trens. Os jovens lançaram panfletos nos quais chamavam os
investidores de "ladrões e mafiosos".---Já em Milão, centenas de
estudantes invadiram o prédio da Bolsa de Valores e exibiram uma faixa de
protesto. Quando foram expulsos do prédio, começaram a jogar pedras e a
gritar contra a reforma. Diversas agências bancárias nesta cidade foram
atacadas.---As manifestações provocaram também engarrafamentos em outras
cidades, como Cagliari (Sardenha, norte) e Bari (sul).
Vídeo do ataque ao Banco Mediolanum, da familia Berlusconi:
› http://www.youtube.com/watch?v=561VXeuGZAw&feature=player_embedded
Imagens:
›
http://www.repubblica.it/scuola/2010/12/14/foto/roma_gli_scontri_con_la_polizia-10188832/1

 ›
http://www.repubblica.it/scuola/2010/12/14/foto/roma_gli_scontri_con_la_polizia_2-10190569/1/

 ›
http://www.repubblica.it/scuola/2010/12/14/foto/roma_gli_scontri_con_la_polizia_3-10192900/1

agência de notícias anarquistas-ana




More information about the A-infos-pt mailing list