(pt) [Israel] Terceira detenção do objetor de consciência, anarquista e a tivista anti-ocupação Shir Regev

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Segunda-Feira, 9 de Agosto de 2010 - 08:34:26 CEST


[Shir Regev, de 20 anos, residente em Tuval, no norte de Israel, é um anarquista,
ativista anti-ocupação e objetor de consciência. Ele foi detido pela primeira vez em
2 de março passado por se negar a servir ao sistema militar israelense e condenado a
20 dias de prisão. Posteriormente, no dia 24 de março, recebeu sua segunda sentença
de prisão,  10 dias de cadeia. Agora, em 14 de julho, ele foi condenado pela
terceira vez a 34 dias de prisão. O jovem insubmisso deverá ser libertado em 13 de
agosto de 2010.]
Na sua declaração de recusa a servir ao exército, Shir Regev escreveu:
"Eu acredito que seja meu dever repudiar e recusar efetivamente a minha incorporação
num exército cujo objetivo principal é a ocupação policial, para a manutenção da
"ordem de Israel", impondo-a aos palestinos indefesos, aos quais é negada a
cidadania.

E qual é essa "ordem de Israel"?

É um processo contínuo, com efeitos há mais de 42 anos, incluindo um regime militar,
que nega à comunidade palestina o acesso a terras, água, culturas agrícolas e
minérios. Um processo que implica, também, a poluição das suas terras e das suas
nascentes, juntamente com a busca de colonos que vivem nas mesmas áreas, no âmbito
de um sistema separado de leis, aparentemente democrático. E nem menciono a violação
dos mais básicos direitos humanos palestinos, como negar a sua liberdade de
movimento, causando traumas, incluindo massacres em massa, sem a devida investigação
de alegados crimes de natureza grave, reconhecido na lei israelita. Esses atos,
realizados em um território sob ocupação militar, também constituem crimes de guerra
e outras violações do direito internacional.

Desde que obtive o perfil médico de um "soldado de combate", quando me apresentei,
ao exército, não há dúvida nenhuma de que eu teria sido enviado para servir esse
"sistema mafioso", que não tem quase nada a ver com o papel designado pela IDF, de
"Forças Defensivas".

Este é um exército que serve interesses em que eu não acredito. Portanto, no dilema
entre fazer tal serviço militar e obedecer a minha consciência, não tenho nenhuma
dúvida sobre a minha decisão.

Chegará o dia em que a minha decisão será apreciada pelas pessoas que hoje negam a
terrível realidade: a de que nós, como sociedade, estamos criando para outro povo e
os danos que estamos causando nas almas de muitos jovens israelitas que podem não
estar cientes da degradação moral em que participam".

Envio de cartas para Shir Regev:

Shir Regev
Military ID 5966205
Military Prison No. 6
Military Postal Code 01860, IDF
Israel

Fax: +972-4-9540580

Uma vez que as autoridades da prisão bloqueiam freqüentemente os e-mails como forma
de rechaçar os objetores de consciência, se recomenda que  envie as suas cartas de
apoio e encorajamento através do e-mail: messages2prison  newprofile.org. Eles serão
impressos e entregues durante as visitas.

Também envie cartas de protesto às autoridades e às embaixadas de Israel, assim como
apelos à libertação imediata do objetor de consciência Shir Regev e de todos os
outros presos objetores de consciência naquele país. Cartas por e-mail para o
Ministro Israelita da Defesa, Ehud Barak, podem ser enviadas através de:
http://wri-irg.org/node/10559.

Tradução > Liberdade à Solta

agência de notícias anarquistas-ana





More information about the A-infos-pt mailing list