(pt) Ação direta contra as mudanças climáticas no Reino Unido

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Segunda-Feira, 19 de Outubro de 2009 - 20:07:57 CEST


Cerca de mil ativistas ambientais tentaram fechar ontem (17) a central
elétrica movida a carvão de Ratcliffe-On-Soar, perto de Nottingham, em
mais um protesto contra as mudanças climáticas. O carvão é o combustível
fóssil que mais polui.

Em grupos separados, num ambiente animado e descontraído, os ativistas
reuniram-se em diversos pontos da cidade de Nottinghan na manhã de sábado,
para se deslocarem até a central elétrica. Lá dezenas de pessoas
conseguiram romper as cercas de segurança. A polícia, presente em grande
número, interferiu e os confrontos começaram. Entre 50 e 80 pessoas foram
detidas. Policiais e manifestantes ficaram levemente feridos.

No sábado à noite cerca de 300 ativistas montaram barracas em dois campos
do lado de fora dos portões da central elétrica, apesar da tentativa por
parte da polícia para intimidar os campistas por estarem próximo ao parque
industrial. O protesto continuou neste domingo (18).

"Foi inspirador ver tantas pessoas juntas usando ações diretas para
mostrar que essa central elétrica tem de ser fechada para sempre", disse
uma ativista do movimento ambientalista “Climate Camp”.

A central elétrica de Ratcliffe-On-Soar é de propriedade da E-ON, uma das
empresas de eletricidade e gás mais importantes e poluidoras do Reino
Unido.

Neste final de semana ativistas de todo o mundo reuniram-se em Copenhague,
na Dinamarca, para traçar planos de ações diretas contra governos,
empresas e instituições financeiras que estarão reunidos em dezembro
próximo na capital dinamarquesa para a 15ª Conferência das Partes da
Convenção do Clima (COP 15) da ONU.

Mais infos: http://climatecamp.org.uk/

Galeria de imagens: http://www.flickr.com/photos/campforclimateaction/

Vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=WV0iVryaz9Y

agência de notícias anarqustas-ana




More information about the A-infos-pt mailing list