(pt) [Espanha] Crônica da 1ª Jornada Libertária no CSO A Fábrica

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Domingo, 18 de Outubro de 2009 - 10:25:29 CEST


A 1ª Jornada Libertária organizada pelo Ateneo Sierra y Libertad, no
Centro Social Okupado A Fábrica, em 3 de outubro, ocorreu em um ambiente
fraterno e alegre, onde não só foram tecidos laços entre companheiros
vindos de toda a cidade de Madri, mas que também serviu como um
aprendizado e entusiasmo para continuar a luta pelos ideais anarquistas.
O dia começou com o 1º Torneio de Futebol Serra e Liberdade, onde a
camaradagem e a diversão das várias equipes que participaram foram à
característica predominante. Depois para recuperar a força, se mudou para
a comida, cujos deliciosos pratos veganos encantaram o público, que ainda
deu uma ovação de pé para os cozinheiros que tanto trabalharam.
Após uma breve pausa, veio à entrega de prêmios (simbólicos) para os
participantes do 1º Torneio de Futebol, que receberam o Diploma do prêmio
GOOOOOL! (1º), UUUUUUY! (2º) e AAAAAAY! (3º), que causaram sensação e
levou a uma atmosfera ainda mais festiva.


Sem perder a alegria, veio à tona a oficina de Cartas à Preso/as, onde não
só houve informação sobre a situação precária de tantos anarquistas que
estão por trás dos muros das prisões em todo o mundo (com especial
destaque para Amadeu Casellas). Mas que também serviu para tomar medidas
sobre o assunto, e assim fazer deste evento uma forma para que [o/as
preso/as] comecem a sentir o calor e a esperança que tanto necessitam, e
tentar fazê-los sentir que eles não estão sozinho/as.


Após um curto período de relaxamento, o fluxo de visitantes foi
aumentando, e é que a Palestra/Debate sobre Economia Libertária despertou
grande interesse, porque é um tema que para os anarquistas é de vital
importância conhecer a fundo na hora de apresentar a alternativa
libertária frente ao sistema capitalista, mas também, geralmente,
desconhecido. Mariano de Blas, um membro do ICEA (Instituto de Ciências
Econômicas e de Autogestão) e palestrante desta conferência, deleitou os
partícipes com propostas libertárias que atualmente oferecem
possibilidades reais de mudança na organização social e econômica.
E para finalizar a Jornada, não há nada melhor do que um concerto, onde
uma variedade de grupos se entregou de corpo e alma para botar a guitarra
em alto e bom som. O ritmo e a poesia do hip-hop Demenzia Lirika, Sz Posse
e Modus Operandi, as melodias elétricas de Mariano, o punk combativo de
Ahi se Pudran e o autêntico rock de Bajo Zero, colocaram o toque final do
encontro.
Sem mais e sem Deus, desde o Ateneo Sierra y Libertad só temos de
agradecer a todos os que participaram do evento, e colaboraram com a sua
participação para que este projeto siga adiante. A todos dizemos que lhes
esperamos em futuros eventos e que foi um prazer partilhar esta primeira
Jornada Libertária do Ateneu. Cada vez seremos mais.
www.ateneosierraylibertad.wordpress.com
agência de notícias anarquistas-ana


More information about the A-infos-pt mailing list