(pt) Neonazistas atacam livraria anarquista na Austrália

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Quarta-Feira, 7 de Outubro de 2009 - 17:13:20 CEST


[Armados com bastões e um cartucho de gás lacrimogêneo um grupo de quatro
neonazistas invadiu e atacou a livraria anarquista Barricada em
Melbourne.]
A ação dos nazistas aconteceu no meio da tarde do dia 28 de setembro. O
grupo invadiu a livraria Barricada, do Melbourne Anarchist Resource Center
(MARC) pela porta da frente aos gritos e destruindo duas prateleiras de
livros e jogando algumas revistas no chão. Não houve feridos.
De acordo com um companheiro "um dos nazis, com um cartucho de gás
lacrimogêneo em uma das mãos, gritou que todos deveriam se sentar no chão
e que tinham um recado, e ainda perguntou quem era a pessoa responsável
pela loja. Em seguida ameaçaram os integrantes do MARC para que não
organizem ações anti-fascistas em Melbourne e se na cidade haviam outros
antifas."
Os companheiros presentes na loja descreveram os agressores como skinheads
neonazistas, “brancos, carecas, musculosos, tatuados, entre 20 e 35 anos”.
Os anarquistas acreditam que o ataque esteja conectado com uma ação
anti-fascista que aconteceu em 14 de setembro, em Burwood. Lá, uma loja de
tatuagem do neonazista Justin O'Brien - que está envolvido
internacionalmente com a "Blood & Honor Network” como seu representante em
Victoria - foi pichada com slogans anti-fascistas e teve suas janelas
quebradas.
Depois do incidente os anarquistas da cidade se reuniram para tomar
medidas de precaução e segurança em relação aos nazis.
agência de notícias anarquistas-ana




More information about the A-infos-pt mailing list