(pt) BRASIL: SOLIDARIEDADE COM EDGAR RODRIGUES

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Sexta-Feira, 14 de Março de 2008 - 11:49:43 CET


Edgar, mestre empreiteiro da revolução!

  Existem coisas que deixam a gente muito indignada,
principalmente quando se faz injustiça com alguém:

Edgar Rodrigues, é um dos pedreiros da sociedade do amanhã, sem
explorados, nem exploradores, com justiça e liberdade.

Enquanto trabalhador, ele e seus companheiros chegaram no Brasil e tiveram
que trabalhar muito para sobreviver e manter o combate no dia-a-dia, por
suas idéias revolucionárias de um futuro melhor para todos.

Sua visão de mundo cosmopolita e seus conhecimentos científicos permitiram
que resistisse as perseguições dos patrões que lhes negavam trabalho e
junto com seus companheiros e camaradas tiveram, em regime de autogestão,
que empreitar
pequenas reformas e até mesmo algumas obras para garantir seu sustento.

E foi com muita alegria, surgida a oportunidade, que conseguiram
homenagear alguns companheiros de lutas, em plena ditadura militar,
registrando seus nomes em edifícios residenciais em lugares longíncuos do
velho estado do Rio de Janeiro.

Existe muito mais coisa que poderiamos contar, mas apenas nos cabe chamar
a atenção que muitas obras de apoio mútuo e solidariedade foram feitas.

Sua luta sempre foi entremeada de audácia, fortes emoções e riscos.

Sempre esteve presente nos grandes acontecimentos libertarios, seja no
Brasil, seja na Europa.

Se, no passado, Garibaldi foi considerado um herói de dois mundo, o quê
dizer do velho Edgar Rodrigues, que no presente lutou tanto contra a
ditadura Salazarista de Portugal, como da ditadura militar no Brasil?

Poderia ter voltado para Portugal, e se aposentar como qualquer um de sua
idade.

Mas continua em pé, firme e convicto, enfrentando até mesmo a injustiça
daqueles que considerou companheiros.

Nunca acumulou riquezas e nunca aceitou um tostão pelo seu trabalho
intelectual; seus mais de 50 livros de denuncias publicados, fruto de
árduas pesquisa e muitas contando com a colaboração de velhos companheiros
operários, vencendo as limitações de um autodidata, todas foram doadas em
troca da divulgação das idéias para o movimento de emancipação da
humanidade.

Obrigado Edgar pois graças a vc podemos afirmar que não somos um povo sem
memória.

O povo trabalhador constrói a sua própria história.

Abaixo a burguesia e seus capatazes!

Não aos partidos!
Viva o Movimento Libertario Brasileiro!

Viva a Classe Trabalhadora!
Viva a Revolução Social!
Viva o Sindicalismo Revolucionário!
Viva a Federação Operária do Rio de Janeiro - FORJ!
Viva a Confederação Operária Brasileira - COB!
Viva a Associação Internacional de Trabalhadores - AIT!

DIREITOS NÃO SE GANHAM, CONQUISTAM-SE!

Sindicato de Artes e Oficios Vários de Porto Alegre
Núcleo Sindical FORGS/COB-ACAT/AIT-IWA




More information about the A-infos-pt mailing list