(pt) Câmara Municipal de Lisboa: um comentário da UON*

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Quinta-Feira, 10 de Janeiro de 2008 - 12:21:15 CET


[*retirado do boletim da UON, uma agrupação anarco-sindicalistas portuguesa]

http://www.pt.indymedia.org/cidades/c1/imgpublico/11999015706986d4ed0b.pdf?PHPSESSID=1b6f4e383bfe659d64c187363c35f649

Em sindicância efectuada só agora é que descobriram a promiscuidade entre
funcionários superiores e gabinetes de engenharia e arquitectura.
Nem o próprio 25 de Abril acabou com isso.
Essa cumplicidade já vem do tempo da outra senhora.
Só os trabalhadores não qualificados não têm essas benesses para ganhar
mais alguma coisa, tem de trabalhar em supermercados, telemarketing, etc.
fora do horário de trabalho.
Há ordenados miseráveis na Câmara de Lisboa que não dão para pagar as
despesas das famílias e os trabalhadores são obrigados a trabalhar fora do
horário aos fins-de-semana. Isto agora é agravado com a retirada das horas
extraordinárias que alguns tinham, devido à "crise". É o caso dos
motoristas que para levar a casa os senhores só chegam a casa à meia-noite
ou mais e alguns nem descansam ao fim de semana e recebem meia dúzia de
tostões.



More information about the A-infos-pt mailing list