(pt) [Brasil] vigésima quarta edição d' A Plebe Campinas

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Segunda-Feira, 1 de Dezembro de 2008 - 19:14:48 CET


Está disponível a vigésima quarta edição da A Plebe Campinas,
informativo da FOSP seção Campinas. Confira neste número:

Editorial

Mais um ano de lutas e resistências se encerra, mas não tiramos férias,
o capital não nos dá tréguas!

A cada dia, devemos manter a luta e trabalhar para manter a chama da
emancipação social acessa. Este ato, como sempre fizemos questão de
escrever, falar e defender, é uma ação de nossa classe e de ninguém
mais.
Quer ler mais: www.fosp.anarkio.net

O abuso do governo municipal com os funcionários.

Os funcionários que trabalham nas unidades básicas de saúde foram
condenados a trabalhar os pontos facultativos sem receber, acatando uma
deliberação do Congresso Municipal de Saúde. O Congresso propôs que as
UBS funcionassem como fossem pronto-socorros, coisa que elas não são.
Quer ler mais: www.fosp.anarkio.net

Filhos do povo

Filhos do povo, te oprimem as cadeias
e a injustiça não se pode manter ,
se a sua existência é um mundo de penas
Antes escravo, preferem morrer.
Estes burgueses, muitos egoístas,
que desprezam a humanidade,
serão varridos pelos anarquistas
ao forte grito de liberdade.

Trabalhador, não mais sofrer,
a exploração tem de sucumbir.
Levanta-te, povo leal,
ao grito de revolução social.
Vindicação não tem de pedir;
só a união pode exigir.
Nossa ideal não quebrar.
Torpes burgueses.
Para trás! Para Trás!
Quer ler mais: www.fosp.anarkio.net

                  Organização operária de ação direta
Princípios básicos

A organização de ação direta é baseada no mais amplo federalismo
libertário, que se articula de baixo para cima, da base para o ápice, da
unidade para o todo, do indivíduo para a coletividade, do simples para o
composto.

Partindo dos comitês radicados nos locais de trabalho (fábricas,
oficinas, obras, usinas, estaleiros, minas, fazendas, sítios, armazéns,
escritórios, etc.), vai-se ampliando através dos organismos de bairros,
subúrbios, cidades, Estados, regiões, nação, culminando na
Internacional.

Assegurando a autonomia do indivíduo no sindicato, do sindicato na
federação, em seus vários graus, na confederação, que, por sua vez, é
autônoma no seio da Internacional, americana e mundial, tem a força de
sua ação na solidariedade voluntária e consciente de cada um e de
conjunto de seus membros.
Quer ler mais: www.fosp.anarkio.net

Por Federação Operária de São Paulo - seção Campinas
associada a COB - seção brasileira da Associação Internacional dos
Trabalhadores (AIT-IWA)





More information about the A-infos-pt mailing list