(pt) Brasil , A PLEBE 54: PLENÁRIAS MOVIMENTO PELA REATIVAÇÃO DA COB/AIT

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Quarta-Feira, 16 de Abril de 2008 - 22:21:24 CEST


A PLEBE nº54/Abril 2008 A.C.A.T. - A.I.T.-I.W.A.
Órgão de Divulgação do SINDIVÁRIOS/Federação Operária de São Paulo
(FOSP/COB - Fundada em 1905 )
SEM ESTADO, SEM PARTIDO, SEM PATRÃO!
@ Ligada a Associação Internacional dos Trabalhadores (A.I.T.-I.W.A.)
*Caixa Postal: 1933/CEP: 01009-972/São Paulo-SP*(fospcobait  yahoo.co.uk)
@ 40 ANOS DA MORTE DE EDGARD LEUENROTH
@** 40 ANOS DO ASSASSINATO DE EDSON LUÍS **@
@ 40 ANOS DO MAIO DE 68

O TEMPO COME SEUS FILHOS!

Em pleno século XXI, pela primeira vez em seus 144 anos de lutas
revolucionárias, em todo o mundo, a AIT-IWA irá realizar seu primeiro
Congresso no Brasil, a cargo da Seção Brasileira da AIT, a COB/AIT, a se
realizar em dezembro de 2008. Em função disso aumentamos a dinâmica de
nossas discussões, visando a boa preparação para o XXIV Congresso da
AIT-IWA*. Por isso acabamos de realizar uma rodada de Plenárias do
Movimento Pela Reativação da COB/AIT, abrindo as discussões nos núcleos do
movimento, a se fechar – com a discussão de todas as Seções de todo o
mundo – na segunda rodada de Plenos – a ser realizada no final de JUNHO de
2008*.

PLENÁRIAS ESTADUAIS LANÇAM AS BASES DA DISCUSSÃO

Realizadas em meados de fevereiro, tivemos Plenárias preparatórias em São
Paulo e no Rio Grande do Sul, também com caráter regional - de aglutinar
núcleos e simpatizantes de outros estados. Ambas tinham a responsabilidade
de discutir a Ata do XXII Congresso da AIT e a pauta de discussões de
lutas e organização local e nacional, também. Em ambos casos se aprovaram,
no geral, as Atas do XXII Congresso, mas algumas questões foram
aprofundadas. A questão de se aprofundar o caminho das lutas concretas
como passo estratégia central para o relançamento planetário da AIT-IWA
foi a principal constatação geral.

Em ambos os casos se reafirmaram os princípios e a tática de ação
utilizada pelo Movimento até aqui. Também se aprofundaram as discussões,
no sentido de fortalecer o federalismo sindical. Ambas Seções (FOSP e
FORGS) reafirmaram a posição de realizar o XXIV Congresso da AIT. Sobre a
pauta nacional houve certo descompasso, devido a rediscussão de temas
debatidos no V Congresso Operário Paulista, realizado em Julho de 2007, em
meio aos 100 anos da Greve Geral de 1917 em SP. Apesar de tudo foi mais
uma oportunidade para reafirmar nossas convicções, principalmente sobre o
papel nocivo representado pelos partidos políticos no movimento social.

A Plenária de São Paulo contou com a presença de delegados de todas as
seções reconhecidas (SP, Campinas, Osasco e Artes e Espetáculos, e
diversos Núcleos. Foi reconhecida a Seção do Alto Tietê (a leste de SP,
Guarulhos, Arujá, Suzano, Poá, Itaquaquecetuba, Ferraz, Mogi e Santa
Isabel) e se aprovou usar como lema das lutas desse ano: “40 ANOS DO
ASSASSINATO DE EDSON LUIS**! O ANARQUISMO VIVO NA LUTA CONTRA A DITADURA
MILITAR!”. Isso reforça a participação brasileira na rebelião libertária
de 68, em todo o mundo, e marca a retomada do sindicalismo revolucionário,
espontânea, em dezenas de países. Em 1979 é reativada a CNT/AIT-espanhola.
Em 1986, nos 100 anos do 1º de Maio, é lançado o Movimento Pela Reativação
da COB/AIT.

PLENÁRIA NACIONAL DA COB/AIT (2 e 3 de Março de 2008)

Contando com a participação das duas Seções reconhecidas da COB/AIT, a
FOSP e a FORGS – representadas pelos delegados do SINDIVÁRIOS-SP E 
SINDIVÁRIOS-Campinas, pela FOSP, e do SINDIVÁRIOS-PoA, SINDIVÁRIOS-Santa
Rita, SINDIVÁRIOS-Gravataí e SINDIVÁRIOS-Caxias do Sul – a Plenária
Nacional se realizou na Casa da AIT no Brasil, a sede da FORGS/COB-AIT.

Após árduas discussões tivemos a maioria das questões fechadas por
consenso. No  que não se estabeleceu consenso foi encaminhado para a
definição, na rodada de Plenárias de junho. As propostas sobre a Ata do
Congresso da AIT, discutidas em comum por ambas Seções, tiveram questões
de consenso mais fáceis, tendo sido reafirmadas nacionalmente. Mas sobre a
questão nacional e organizativa do Movimento de Reativação da COB a
discussão se aprofundou muito além do ponto de onde chegaram as Plenárias
Estaduais, sendo remitidas para nova discussão nos núcleos-base.

Ainda assim foram fechadas, por consenso algumas posições fundamentais.
Uma delas é relativa a própria Memória Operária e um duro golpe sofrido
pelo seu mais importante historiador, Edgar Rodrigues. Importante,
inclusive por que foi agente dessa mesma história, que buscou preservar e
difundir para as novas gerações, que sem ele não teriam tido a exata noção
da luta socialista dos quilombolas, ou das lutas libertárias travadas pelo
movimento operário do final do século XIX e começo do século XX. (Ler
Moção de Solidariedade abaixo).

Além dessa questão foi reafirmada as campanhas de lutas que vimos
desenvolvendo, baseada nas 7 bandeiras:

- CONTRA O DESEMPREGO E A PRECARIZAÇÃO DO TRABALHO!
- REDUÇÃO DA JORNADA DE TRABALHO PARA 6 HS/DIA, (30 HS/SEMANAIS)!
- REVOLUÇÃO AGRÁRIO-CAMPONESA (Ocupar, Coletivizar, Produzir!)!
- CONTRA A CRIMINALIZAÇÃO DA QUESTÃO SOCIAL!
- CONTRA O FASCISMO!
- CONTRA A CARESTIA DA VIDA!
- PELA LIBERDADE DE ORGANIZAÇÃO SINDICAL!
(Pela devolução do patrimônio e espólio da COB, das Federações e
sindicatos locais destruídos pelo fascismo, durante o governo
Estadonovista de Getúlio Vargas!)

Centradas este ano, com a farsa eleitoral municipal, na Campanha Nacional
Pelo Voto Nulo, que já tendo avançado de posição de denúncia e de protesto
contra o circo eleitoral, agora deve avançar, apontando claramente a
questão da Gestão Operária Direta e Generalizada, como alternativa
concreta de gestão social. Com isso se coloca a eliminação dos parasitas,
dos que não trabalham, pois vivem de especulação ou do trabalho alheio.
Também se dá uma maior consistência à noção de ação direta, ligada a
gestão direta do trabalhador e da sociedade pelo resultado de seus
esforços. Também aponta para a necessidade de nos desvencilharmos dos
políticos profissionais, para ser integralmente donos de nossas vidas. E
para isso temos que reforçar nossa auto-organização a partir dos nossos
locais de trabalho e moradia, formando Seções ligadas a COB/AIT e assim
ligadas a toda a Revolução Social Mundial. Para tal devemos nos preparar,
irmãos proletários!

CONTRA A FARSA ELEITORAL VOTE NULO PELA GESTÃO OPERÁRIA DIRETA DA SOCIEDADE!
(Quem produz é que deve decidir sobre o resultado de seu esforço! Abaixo o
Estado!)

Coordenação Estadual da FOSP/COB-ACAT/AIT-IWA

FOSP - Federação Operária de São Paulo.
E-mail: fospcobait  yahoo.co.uk
http://fospcob.blogspot.com/
Filiada a:
COB - Confederação Operária Brasileira.
E-mail: cobforgs  yahoo.com.br
http://osyndicalista.blogspot.com/
http://cob-ait.revolt.org/

ACAT - Associação Continental Americana dos Trabalhadores.
AIT - Associação Internacional dos Trabalhadores.






More information about the A-infos-pt mailing list