(pt) Solidariedade com CNT-F Correios: A DIVULGAR AMPLAMENTE!

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Segunda-Feira, 22 de Outubro de 2007 - 18:24:53 CEST


             Federação Anarquista Comunista de Portugal

Solidariedade com trabalhadores do sindicato dos Correios da CNT-Francesa,
perseguidos e discriminados

Nós, trabalhadoras e trabalhadores de Portugal, solidários com
trabalhadoras/es dos correios de França, filiados na confederação
sindical, CNT-F, vimos afirmar o nosso repúdio e indignação pelo facto de
a administração deste serviço público estar a realizar manobras baixas, em
conivência, infelizmente com algumas outras forças sindicais dos Correios
franceses, para afastar os membros da CNT-F da possibilidade de exercerem
os seus direitos sindicais, impondo quotas de «representatividade», que
são destinadas claramente a impedir que associações sindicais com menor
número de associados possam ter a sua actividade sindical normal. Isto é
tanto mais preocupante que vários casos de processos disciplinares - que
podem desembocar em despedimento- ocorreram recentemente, nomeadamente,
com activistas sindicais da CNT-F, dos correios.
Onde não exista liberdade plena de expressão dos sindicatos e dos seus
activistas, nos locais de trabalho, havendo mesmo violação da lei vigente,
não se poderá considerar que exista democracia, no sentido pleno da
palavra.



Apelamos a que todos/as os/as militantes sindicais portugueses, dos
correios em particular, façam chegar o texto abaixo, sob forma de fax ou
de e-mail:
======================================================================
À embaixada de França em Portugal
Ao governo francês
À administração dos Correios francesa

Exm.s Senhores/as,

A liberdade sindical não pode ser posta em causa, sem que a democracia não
seja posta em causa igualmente.

Solidários/as com os/as trabalhadores/as dos Correios de França filiados
na CNT-F, vimos exprimir a nossa indignação pela manobra tendente a
inviabilizar a sua expressão e actividade como sindicato no interior dos
Correios de França.

Igualmente decidimos que divulgaremos nacional e internacionalmente a
evolução da situação e as posições dos/as nossos/as companheiros/as dos
CTT Franceses, filiados na CNT-F.


Com os nossos cumprimentos atentos e combativos,
nome:
e-mail:

Approved: Nestorpt

             Federação Anarquista Comunista de Portugal

Solidariedade com trabalhadores do sindicato dos Correios da CNT-Francesa,
perseguidos e discriminados

Nós, trabalhadoras e trabalhadores de Portugal, solidários com
trabalhadoras/es dos correios de França, filiados na confederação
sindical, CNT-F, vimos afirmar o nosso repúdio e indignação pelo facto de
a administração deste serviço público estar a realizar manobras baixas, em
conivência, infelizmente com algumas outras forças sindicais dos Correios
franceses, para afastar os membros da CNT-F da possibilidade de exercerem
os seus direitos sindicais, impondo quotas de «representatividade», que
são destinadas claramente a impedir que associações sindicais com menor
número de associados possam ter a sua actividade sindical normal. Isto é
tanto mais preocupante que vários casos de processos disciplinares - que
podem desembocar em despedimento- ocorreram recentemente, nomeadamente,
com activistas sindicais da CNT-F, dos correios.
Onde não exista liberdade plena de expressão dos sindicatos e dos seus
activistas, nos locais de trabalho, havendo mesmo violação da lei vigente,
não se poderá considerar que exista democracia, no sentido pleno da
palavra.

===========================================================================

Apelamos a que todos/as os/as militantes sindicais portugueses, dos
correios em particular, façam chegar o texto abaixo, sob forma de fax ou
de e-mail:

À embaixada de França em Portugal
Ao governo francês
À administração dos Correios francesa

Exm.s Senhores/as,

A liberdade sindical não pode ser posta em causa, sem que a democracia não
seja posta em causa igualmente.

Solidários/as com os/as trabalhadores/as dos Correios de França filiados
na CNT-F, vimos exprimir a nossa indignação pela manobra tendente a
inviabilizar a sua expressão e actividade como sindicato no interior dos
Correios de França.

Igualmente decidimos que divulgaremos nacional e internacionalmente a
evolução da situação e as posições dos/as nossos/as companheiros/as dos
CTT Franceses, filiados na CNT-F.


Com os nossos cumprimentos atentos e combativos,
nome:
e-mail:

===================================================================
Embaixada de França em Portugal:

Fax: (351)21 393 91 20

E-mail: embafrance  hotmail.com





More information about the A-infos-pt mailing list