(pt) [Canadá] Assembléia Anarquista de Ottawa - O que acont eceu ?

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Quarta-Feira, 28 de Novembro de 2007 - 11:23:38 CET


A terceira Assembléia Anarquista de Ottawa (OAA) foi realizada neste dia
17 de novembro, nessa cidade que é a capital do Canadá. Havia mais de
cinqüenta pessoas participando e representantes de 17 grupos locais
libertários. Entre os grupos da cidade representados estavam:
Trabalhadores Industriais do Mundo (IWW), Grupo de Discussão Anarquista,
Movimento de Solidariedade ao/às Indígenas de Ottawa, Sindicato do/as
Esmoleiro/as/Copwatch (contra a violência policial), Ação Global dos Povos
(AGP) de Ottawa, Exile Infoshop, Comitê Não 2010 (contra as olimpíadas),
Cinema Política de Ottawa, O Garden-Spot, República dos Povos das
Delícias, Massa Crítica, Ticket Defense, Centro de Mídia Independente,
Triangle Trash (grupo de ativistas "queers" radicais anti-discriminação),
Causa Comum, Momentos de Herança Alternativos, Médico/as de Ação de
Ottawa, e o Desescolarizando a Sociedade/nãoEscolarizando a Opressão.
Todos os grupos fizeram breves apresentações sobre seus atuais projetos
para a assembléia. Um grupo funcional foi formado para organizar a próxima
assembléia que será realizada daqui a três meses.

A assembléia adotou uma unidade base fundamentada num esboço que foi
criado por um comitê formado no encontro anterior.

Isto foi seguido de uma sessão de “agitação mental” sobre o quê nossas
comunidades e grupos necessitam. Quatro âmbitos principais foram
identificados.

1) Apoio e Trabalho em Rede. Um esforço de organização comum para o "Dia
Internacional Contra a Brutalidade Policial" foi sugerido.

2) Lidando Com Conflitos. Um problema corrente dentro do meio anarquista é
o de lidar, numa boa maneira, com conflitos. A necessidade de algum tipo
de mecanismo/espaço de resolução de conflitos foi identificado. Alguma
forma para um/a mediador/a achar pontos de consenso e colocar tudo claro
sobre a mesa foi sugerido.

3) Capacitação. Um problema identificado foi o de que muito de nós
“levamos para casa” mais do que podemos possivelmente fazer, e então
falhamos em chegar ao fim almejado sem desviar sobre nossos próprios
compromissos. Precisamos que cada um de nós faça menos, mas faça bem
feito. Para nos ajudar a ser mais efetivos em nosso ativismo, uma oficina
sobre administração do tempo pessoal será realizada.

4) Diversidade e Aceitação. Algumas barreiras à diversidade foram
identificadas, entre elas incluem: a atitude machista de muitos radicais,
a de estar muito fechadamente identificado/a com a subcultura punk, a
intolerância daqueles que são novos ao anarquismo, o fracasso ao lidar com
comportamentos opressivos, as falhas na comunicação com outro/as na
comunidade em que vivem, e a inabilidade de usar ambas as línguas, inglesa
e francesa. Um passo concreto que será tomado será o de realizar habituais
treinamentos anti-opressão.

Mais infos da Ottawa Anarchist Assembly (OAA), suas bases de união e
acordos, em: www.oaa.roadnetwork.org


Tradução: Marcelo Yokoi



agência de notícias anarquistas-ana





More information about the A-infos-pt mailing list