(pt) [Brasil-RS]1º DE MAIO RS! OPE RÁRIO, LIBERTÁRIO E POPULAR!

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Quarta-Feira, 25 de Abril de 2007 - 00:12:23 CEST


1º DE MAIO LIBERTÁRIO, CLASSISTA, SINDICAL E POPULAR!
C.O.B.- A.C.A.T./A.I.T.
Federação Operária do Rio Grande do Sul
MOBILIZAÇÃO de PROTESTO no
1 º de MAIO de 2007
em Porto Alegre.

Orientações para adesão a Ação de Protesto no 1º de Maio de 2007.

Os organizadores:
O Centro Cultural e Artístico, fundado em 24 de maio de 1953, foi
organizado por sindicalistas revolucionários da Associação Internacional
dos Trabalhadores, do Movimento de Reconstrução da Confederação Operária
Brasileira e da Federação Operária do Rio Grande do Sul para contribuir na
luta pela construção do mais elevado grau de evolução e bem estar da
humanidade. Estabelecendo como objetivos concretos os de reunir todas e
quaisquer pessoas, adeptas da cultura livre e da pratica da solidariedade
universal. Foi retomado a partir de 2004 na fundação do Sindicato de Artes
e Ofícios Vários de Porto Alegre.

Os objetivos:
A Ação de Protesto proposta para o 1º de maio de 2007 tem por objetivo
promover uma manifestação de oprimidos e explorados de estimulo a ação
direta e a organização autônoma dos operários para a propaganda das suas
reivindicações, afirmando neste ato o caráter de protesto do 1º de maio.

A base teórica-histórica da Confederação Operária Brasileira (COB-AIT)
está nos Congressos:
- "Considerando que o operariado agrupando-se em sindicatos organizados na
forma de sociedades de resistência, afirma por esse simples fato a
existência de uma luta de classes, que ele não criou, mas que se vê
forçado a aceitar; que as condições econômicas, fonte de toda a liberdade
são, para o proletariado, péssimas, e que o trabalho está escravizado sob
o peso das injustiças, tanto que, para melhorá-lo ou libertá-lo, os
trabalhadores não tem outro recurso contra o poder e a riqueza acumulado
nas mãos dos patrões, senão a associação e a solidariedade dos seus
esforços; que, portanto, não se pode realizar uma "festa de trabalho", mas
sim um protesto de oprimidos e explorados?;
- ?Que a origem histórica, do 1º de maio, nascido da reivindicação, pela
ação direta, das 8 horas de trabalho (luta pela redução da jornada de
trabalho), na América do Norte, e do sacrifício das vítimas inocentes, em
Chicago, impede que essa data seja mistificada pelas festas favorecidas
por interessados na resignação e imobilidade do proletariado?;
- “O Primeiro Congresso Operário Brasileiro verbera e reprova
indignadamente as palhaçadas feitas no 1º de maio com o concurso e
complacência dos senhores; incita o operariado a restituir ao 1º de maio o
caráter que lhe compete; de sereno, mas desassombrado, protesto, e de
enérgica reivindicação de direitos ofendidos ou ignorados;
?Estimula vivamente as organizações operárias à propaganda das
reivindicações, afirmando o 1º de maio”;...
..."Considerando que o fato do governo tornar feriado o 1º de maio
equivale a subornar um adversário que o ataca; o que é, portanto, uma
mistificação perniciosa?;
”O Congresso aconselha aos operários e respectivos sindicatos, que, no
caso de ser decretado feriado, inicie forte propaganda no sentido de
patentear a incompatibilidade da adesão do Estado a tal manifestação; que
é revolucionária e de luta de classes, apontando o seu trágico epílogo a
11 de novembro de 1889".
Primeiro Congresso Operário Brasileiro,
Rio de Janeiro, 15 a 22 de abril de 1906.
A Constituição:
A Confederação Operária Brasileira é formada por:
a) Federações nacionais de indústria ou e ofícios;
b) Uniões locais ou estaduais de sindicatos (as Federações Municipais e
Estaduais);
c) Sindicatos isolados de lugares onde não existam Federações locais ou
estaduais, ou de indústrias ou ofícios não federados.
Primeiro Congresso Operário Brasileiro,
Bases de Acordo aprovadas, 15 a 22 de abril de 1906.

Orientação histórica da Federação Operária do Rio Grande do Sul:
Ideal - Implantação de uma sociedade baseada na solidariedade dos
indivíduos, e onde haja lugar para todos os que são úteis à coletividade.
Fins a alcançar transitoriamente - Melhoramento progressivo das condições
de trabalho, diminuição de horas de jornada, com bases de aperfeiçoamento
moral dos indivíduos.
Meios de ação - Organização de classes; ação direta, constante de
reclamações aos patrões, greve nas suas variadas formas, conforme as
circunstâncias, etc.
Elementos de luta ? Solidariedade de classes de uma para outra: quando uma
luta, as que descansam auxiliam-na; quando a greve é geral não é preciso
auxílio, porque a vitória é certa.
Meios de propaganda - O jornal, a tribuna, a escola, o livro e a praça
pública.

Porto Alegre, 30 de agosto de 1913.
In resumo apresentado ao Segundo Congresso Operário Brasileiro;
Rio de Janeiro, 8 de setembro de 1913;

Os fins gerais da Ação de Protesto no 1º de Maio de 2007:
1 - Promover a união dos trabalhadores assalariados, precarizados,
autônomos, desempregados, donas de casa, aposentados, para a expressão da
defesa dos seus interesses morais e materiais, econômicos e profissionais;

2 - Estreitar os laços da solidariedade entre o proletariado organizado
por locais de trabalho e ramos de produção, dentro dos bairros e nas
cidades, dando mais força e coesão aos seus esforços e reivindicações,
tanto moral, como material;

Os fins específicos:
1 - Resgate da memória da conquista dos Direitos dos Trabalhadores através
da Greve Geral de 1917 e protesto Contra a carestia e Contra todas as
misérias, secundado por outras manifestações promover um evento musical,
sem fins lucrativos, no dia 1º de maio, no histórico Bairro operário do
IAPI, na Praça Frederico Arnaldo Balvé, situada à Rua Cristóvão Colombo,
entre os nºs 1146 e 1192 do IAPI, para acontecer das 10 h da manhã ate as
20 h da noite, com apresentação de bandas de Rock, Reagee, Pop Rock, Hip
Hop, entre outras tendências musicais. (Aguardando resposta favorável da
Secretaria do Meio Ambiente de Porto Alegre para cessão do espaço).

2 - Contribuição de apoio de R$ 25,00 para confecção de material de
propaganda, aparelhagem musical, enfim custos gerais para participação e
realização do evento;

Centro Cultural e Artístico / Sindicato de Artes e Ofícios Vários de Porto
Alegre

Informações;
cobforgs  yahoo.com.br
http://www.cob-ait.org


FOSP - Federação Operária de São Paulo.
Filiada a:
COB - Confederação Operária Brasileira.
ACAT - Associação Continental Americana dos Trabalhadores.
AIT - Associação Internacional dos Trabalhadores.






More information about the A-infos-pt mailing list