(pt) [Portugal , Lisboa, 18h. 25 de Abril] Convocatória para uma ma nifestação anti autoritármanifestação anti autoritária

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Sábado, 14 de Abril de 2007 - 14:15:22 CEST


[ de goncalvescorreia.blogspot.com ]
Convocatória para uma manifestação anti autoritária,
Contra o Capitalismo, Contra o Fascismo


/ Dia 25 de Abril, pelas 18 horas apelamos à participação activa num acto
de resistência à farsa Nazionalista, que terá início na Praça da Figueira,
depois da manifestação do 25 de Abril ter terminado.

Acreditamos que a impunidade e o à vontade com que os vários grupos
“nazis” “fascistas” ou ditos “nacionalistas” agem tem de ser combatida
aqui e agora, e sabemos que esse não é nem será nunca a tarefa de qualquer
polícia ou instituição estatal, pelas suas afinidades e cumplicidades. A
nossa denúncia é popular, não judicial.

Como tal, acreditamos que devemos exercer e expandir a autodefesa contra
qualquer tipo de agressão por parte desses grupos que fazem o trabalho
sujo que os capitalistas não querem fazer. Mas não nos esquecemos que quem
financia tais grupos, quem os chama sempre que é preciso amedrontar os
oprimidos, são os mesmos que controlam a economia, os estados e semearam a
divisão, a desconfiança, a miséria e mantêm-nos presos no nosso medo,
divididos nas nossas lutas, e “condenados” à derrota.

E è contra esses que dirigimos a nossa luta, ontem, hoje e enquanto
existirem.

Esta manifestação, que é proposta por grupos libertários e autónomos, è
aberta à participação de todas as pessoas e ideias que, de uma forma não
partidária, desejam expressar a sua revolta e determinação, numa
manifestação popular e unitária.

Queremos deixar bem claro que somos e seremos capazes de nos organizar
para agir e reagir sempre que necessário. Desejamos que a manifestação
seja uma prova de força e determinação, chegando até ao seu final sem
problemas nem distúrbios. Mas nunca renunciaremos ao nosso direito de
autodefesa.

Sabemos que ninguém é invencível, nenhum império, nenhum estado, nenhuma
força de repressão, mas também sabemos que nada cai por si só.

Participemos todos na manifestação, activamente; os dias não estão para
divisões, nem para apatia.

Dia 25 de Abril, unidos e organizados sem partidos nem estado. 
/




More information about the A-infos-pt mailing list