(pt) [Brasil-SP] FASCISTAS CABEÇA-DE-OVO ASSASSINOS

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Segunda-Feira, 27 de Março de 2006 - 20:13:28 CEST


Na madrugada do último domingo, dia 26 de Março de 2006, em São Mateus na
Zona Leste de São Paulo, um grupo de Skinheads assassinou um rapaz e
mandou  mais cinco jovens com ferimentos graves para a UTI.


Brigada Hooligan - Skinheads Neonazistas de São Paulo
São Paulo Z/L - Skinheads matam 1 e deixam 5 gravemente feridos em show de
 rock


Na madrugada do último domingo, dia 26 de Março de 2006, em São Mateus na 
Zona Leste de São Paulo, um grupo de Skinheads assassinou um rapaz e
mandou  mais cinco jovens com ferimentos graves para a UTI. O nome do
rapaz  assassinado não foi divulgado. Acontecia em uma casa de shows
localizada ao  lado do Terminal São Mateus, na zona leste de São Paulo, um
show de rock.  Algumas bandas eram do estilo punk rock, o que pode ter
sido como pretexto  para o ataque dos neonazistas, apesar de ser uma
vertente despolitizada da  música punk.

A primeira banda, vinda da baixada santista, começou a se
apresentar as duas da manhã, horário de inicio do evento. As seis da
madrugada, pararam vários carros cheios de skinheads, vestidos com calças
jeans e roupas de exército, coturnos, suspensórios. O carro da frente 
atropelou o baterista da banda que veio da baixada, juntamente com sua 
namorada, matando-o na hora e deixando a mina agonizando, em seguida, os 
indivíduos saíram dos carros, ficando neles apenas um motorista para fuga 
rápida, e começaram a distribuir facadas para todos os lados, nessa 
deixaram muitos feridos com os cortes, os quais cinco, foram para a UTI de
um hospital mais  próximo.

Não é a primeira vez que acontece algo do gênero. Gangues de skinheads
demonstram há anos suas ideologias intolerantes, seja o integralismo ou o
neonazismo(como o do caso). O caso Édson Néris, inúmeras vezes lembrado, o
dos garotos que foram jogados do trem na estação Braz Cubas em dezembro de
 2004, violência contra negros e judeus também ocorrem, bem como a
intensificação de suas ações, especialmente após a “justiça inocentar” os
cabeça-de-ovo que assassinaram Edson Néris .

Dessa vez os  principais suspeitos são os fascistas “white powers” da
gangue chamada “Brigada Hooligan”, liderada por um sujeito cujo apelido
(ou nome) é Jerry.  A polícia foi acionada mas negligenciou o ocorrido.
Vale lembrar que muitos cabeça-de-ovo white powers são membros da polícia
civil.


Parênteses: Para os anti-punks de plantão, se não forem acrescentar  nada,
por favor não avacalhem, o rapaz que morreu e 80% de quem estava  curtindo
os shows não eram punks e não tinha qualquer ligação com a cultura  punk,
estavam apenas se divertindo em um show de rock, em que algumas bandas de
punk rock tocaram, podia ser uma roda de samba, um show de reggae, de 
musica eletrônica, poderia ser em qualquer lugar.


Ação Anti-Fascista de São Paulo

TODO APOIO À LUTA ANTI-FASCISTA!
O Coletivo Libertário de São Paulo






More information about the A-infos-pt mailing list