(pt) «LUTA SOCIAL» N.12: A RHODE DE PINHEL FECHA AS PORTAS

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Sábado, 25 de Fevereiro de 2006 - 20:50:06 CET


Mais uma multinacional fecha as portas em Portugal,
mais propriamente no distrito da Guarda, Cidade de
Pinhel.
A Rhode, tendo em conta os menores custos de produção
dos países de Leste, apenas vai manter a fábrica-sede
em Santa Maria da Feira e deslocaliza o resto da
produção para a Roménia, Indonésia e China.
A Rhode (fabrica de calçado) de Pinhel fecha as portas
e apanha todos os trabalhadores de surpresa, depois
desta ter estado em “lay-off” várias vezes em 2004.
A multinacional alemã fecha a 30 de Abril e atira para
o desemprego 372 operários.
A empresa é responsável pelo emprego de cerca de 20
por cento da população do concelho de Pinhel.
A crise internacional e o decréscimo substancial das
encomendas da Alemanha, o principal país importador,
estão na origem desta decisão.
Porque todas as multinacionais em Portugal têm sempre
a mesma cantiga na hora do encerramento?
Porque este governo não actua na hora certa?
São 'apenas' mais umas centenas de trabalhadores a
incluir nas listas de desempregados.

O Colectivo "Luta Social" e a Federação Europeia de
Sindicalismo Alternativo – Núcleo da Guarda, estão
atentos ao desenrolar da situação e prometem actuar
nos próximos dias à porta da fábrica, tendo em
especial atenção os operários despedidos.

A luta continua por melhores condições de trabalho
e contra o desemprego que tem vindo a crescer de uma
forma louca nestes últimos meses.

Goulart Medeiros



More information about the A-infos-pt mailing list