(pt) [São paulo- Brasil] HOMENAGEM A ZUMBI DOS PALMARES

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Sexta-Feira, 15 de Dezembro de 2006 - 15:11:42 CET


HUMANITUDE
Uma homenagem a ZUMBI DOS PALMARES
e a todos os seres humanos com atitude de Ser humano
CONTRA O RASCISMO, A INTOLERÂNCIA E O PRECONCEITO!

Com a proposta de ser um espaço para a manifestação da pluralidade
cultural e humana, o Coletivo HUMANITUDES – com o apoio do
SINDIVÁRIOS-FOSP/COB-ACAT/AIT e de diferentes setores do Movimento
Libertário Brasileiro (MLB) – realizou no dia 25 de novembro o Ato anual
de HUMANITUDE – na região central de Santo Amaro.

O evento, em sua segunda edição, se iniciou com uma concentração, a partir
das 13 horas, e um cortejo com os tradicionais bonecos gigantes e
máscaras, cantando canções de Raul Seixas. Ao chegarmos na Praça Floriano
Peixoto tivemos a POROROCA PERCUSSIVA com Maracatu,  Maculelê, Jongo e
batida de Capoeira. Feita a abertura formal do evento por um dos
integrantes do “Humanitudes” e também da Seção Santo Amaro do
SINDIVÁRIOS-FOSP, fala em nome da COB-AIT, ligando o evento em SP a luta
dos trabalhadores oaxaquenos e em solidariedade à Comuna de Oaxaca. Em
seguida vieram as apresentações de Capoeira – com o grupo do mestre
Tigrão, do CEDECA -, depois o Grupo “Nas Coxas” fez uma apresentação de
Jongo – ritmo de raiz africana na origem do samba. Ente as apresentações
era feita a apresentação do evento e o microfone se manteve aberto para as
falações dos que desejassem se pronunciar. Na seqüência uma falação,
incluindo a emocionada declamação do poema “Navio Negreiro”, de Castro
Alves, acompanhada por um público de mais de 200 pessoas, foi ovacionada.

As apresentações se seguiam, entrecortadas de falações e poesias. Vitor
Hugo fez uma apresentação solo e depois acompanhou Adriane Diniz, na
interpretação de clássicos da MPB, chamando a atenção do povo que passava
e engrossando a audiência do evento. Uma falação de um companheiro da
Komuna Raulseixista, com a declamação de um poema sobre a liberdade,
expressou o sentimento de todos – que se emocionaram. Já passavam das
16:30 hs quando o Coral da Casa de Cultura de Santo Amaro sobe ao palco,
com mais de 15 vozes, interpretando canções folclóricas e populares. O
movimento na praça é intenso, devido a época natalina e devido a feira dos
ambulantes e camelôs, o que levava a uma alta rotatividade do público. Foi
quando, após o final da apresentação do Coral, enquanto a banda “MATÉRIA
MÍSTICA” e a “FORÇA INGOVERNÁVEL” se preparavam para subir ao palco – para
um público de cerca de 300 pessoas – e enquanto falava um companheiro pela
FOSP/COB, alertando para a importância da luta contra a Carestia da Vida e
contra a Reforma da perda de direitos que o FMI e o governo pretendem
fazer em 2007 – começa a chover. Isso obriga a remoção da aparelhagem de
som (não havia cobertura) e com a remontagem das instalações no interior
da Casa Amarela, onde, por volta de uma 18:30 hs reiniciamos o evento,
cercados por uma chuva intensa e com um público de cerca de 100 pessoas,
que permaneceram no lugar. Devido a chuva torrencial houve uma certa
dispersão e alguns grupos que tinham ficado de chegar não conseguiram, mas
as atividades continuaram: se apresentaram então o MATÉRIA MÍSTICA (pop
rock), a FAMÍLIA ITAOKA (hiphop), OS GABIRUS (soul e black music) e o
Grupo DAQUELA ÉPOCA (samba) que apresentou clássicos de Noel, Cartola,
Ismael, entre outros.

O evento se encerrou por volta das 21 hs, com a certeza de estaremos no
próximo ano realizando o III HUMANITUDE, lembrando que a luta dos
quilombolas é de todos nós!

                        TENHA ATITUDE DE SER HUMANO!

Contatos:
humanitudes  yahoo.com.br
coletivoepp  yahoo.com.br
fospcobait  yahoo.co.uk








More information about the A-infos-pt mailing list