(pt) [Brasil] Prisão de manifestantes em Caxias do Sul/RS

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Quarta-Feira, 23 de Novembro de 2005 - 18:32:08 CET


 Protesto em Caxias do Sul/RS acaba em prisão.
Dia 14 de novembro às 16h, em Caxias do Sul, foi feito
um manifesto anti-capitalista, contra a ALCA, com
estudantes, artistas, artesões e militantes pela livre
expressão sexual no total 22 pessoas.

O ato saiu da praça central, com batucada e
panfletagem em direção ao Mclixo lá no estacionamento
nós queimamos um boneco de jornal representando o
bush. O segurança do mclixo chegou com extintor
acionado no boneco e em nós, de pois sacou uma pistola
em nossa direção. Em seguida chegou a polícia e 20
manifestantes correram, a polícia alcançou e
resvistou, agrediu, quebrou os tambores da batucada,
câmeras fotográficas, celulares e encaminhou todos
para a segunda delegacia de pronto atendimento da
polícia civil.

O segurança "reconheceu" (todos estavam com lenços nos
rostos) 5 manifestantes como "os responsáveis".
Acusou-os de agredirem ele, de jogar pedras, de tentar
invadir a loja, de tentar botar fogo em carros, em
pessoas e nele próprio. Um dos 5 "reconhecidos" era
menor de idade e foi liberado com a mãe os outros
quatro foram mandados pelo delegado Luiz Filipe Bonn
para a penitenciária industrial de Caxias do Sul.

Foram enquadrados "em flagrante" ou seja se torna
INAFIANÇÀVEL .

No dia seguinte um advogado contratado pediu o
relaxamento da prisão, que foi negado pelo juiz de
plantão. Ontem foi feito um pedido de habeas corpus
pra um juiz de Porto Alegre, que negou também alegando
que é para manter a ordem pública.

Foram presos, dois punks estudantes da UCS, um
militante do nuances grupo pela livre expressão
sexual, e um outro preso que eu não tenho a informação
do nome . O Nuances colocou uma advogada no caso.

Os jornais Pioneiro, Zero Hora e Correio do Povo
publicaram uma matéria sobre o caso. foi escrita uma
nota para ser publicada nos jornais pedindo
solidariedade da população contra a prisão dos
manifestantes.

Pedimos para as pessoas que mandem e-mails para o
jornal O Pioneiro, Zero Hora e a repórter que fez a
cobertura do caso
graziela.andreatta  jornalpioneiro.com.br, se opondo a
prisão arbitrária dos manifestantes.

Quem quiser maiores informes e endereços para enviar
mensagens de apoio ás autoridades enviem mensagem
nesse sentido para o SINDIVÁRIOS-Porto
Alegre/FORGS-COB/AIT nos seguintes endereços:
cobforgs  yahoo.com.br
forgscob  yahoo.com.br

SOLIDARIEDADE É UMA ARMA QUENTE!




More information about the A-infos-pt mailing list