(pt) Libertários do Brasil denunciam: Índio guarani é mor to a tiros

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Sexta-Feira, 8 de Julho de 2005 - 16:06:33 CEST


[de semlideres  riseup.net]
traduzido por CaVaLo_DoIdO_sIoUx
Um índio guaraní foi assassinado a tiros na fronteira entre o Brasil e o
Paraguai durante a manhã do ultimo domingo, 26 de Junho por assassinos.
Outros quatro guarani foram feridos e tiveram que ser hospitalizados,
entre havia um mulher grávida. Os indígenas foram atacados poucas horas
depois de terem regressado a suas terras , de onde foram expulsos a trinta
anos por um Latifundiário. Além disso, os assassinos seqüestraram dois
indígenas, e os libertaram pouco depois e também atearam fogo a um dos
caminhões dos Índios Guaraní, destruindo por completo com o veículo.

O homem assassinado, Dorival Benites, de 26 anos, fazia parte do grupo de
indígenas guaraní que, desde muitos anos, tentava recuperar suas terras
roubadas. Em 1975, a comunidade, conhecida com Sombrerito, foi expulsa e
dividida em várias “reservas” guaraní aonde o suicídio, a fome e a
violência predominavam. Durante anos exigiram que se suas terras fossem
devolvidas. A agência governamental para assuntos indígenas, a FUNAI,
levou vários estudos técnicos da área , porém não conseguiram ratificala
oficialmente.

Ao que parece a situação atual é muito tensa. Um grupo de latifundiários e
seus assassinos a sueldo estão rodeando o acampamento indígena, impedindo
as pessoas de entrar e sair do mesmo. Como mostra de apoio ao povo de
Sombrerito, os índios guaraní do território vizinho de Porto Lindo
bloquearam a rodovia principal e falaram que não vão liberar a pista até
que as autoridades garantam a segurança do povo indígena de Sombrerito e
permitam aos indígenas que permaneçam em suas terras. Um porta voz guaraní
afirmou: “Não deixaremos de lutar por nossos direitos territoriais”.

O diretor de Survival, Sthepen corry, delcarou hoje: “ O fracasso das
autoridades brasileiras em reconhecer os direitos territoriais dos gauraní
está gerando uma violência horrível e a um dos índices de suicídio mais
altos do mundo. Agora devem trabalhar para demarcar todas as terras que
foram roubadas dos índios gauraní e levvar aos tribunais aos responsáveis
pela morte de Dorival.

Dorival Benites foi enterrado na Segunda feira, fora de Sombrerito. Sua
família queria enterrar Dorival em sua própria terra, porém temiam por
suas vidas.


sioux  resist.ca








More information about the A-infos-pt mailing list