(pt) Marrocos: Centro Libertário de Estudos e de Pesquisas

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Domingo, 14 de Agosto de 2005 - 00:34:11 CEST


> Quem somos? <

Somos pessoas autônomas que pensam que o anarquismo (pensamento libertário
em geral) deve ocupar um lugar entre os pensamentos que circulam na
sociedade. Observamos que é evidente que o pensamento anarquista é
marginalizado e desconhecido. Não obstante, no passado recente, a
sociedade marroquina carregou uma prática libertária em sua vida
cotidiana. Trata-se de uma vida comunitária em que a ajuda mútua, a
autonomia, a propriedade coletiva sempre estiveram presentes; isto é, que
esta prática social cotidiana não é conhecida, independentemente da
qualificação ideológica. Era um caminho, em que se observa uma forte
relação com o que se chama projeto libertário. Nessa sociedade, a ação era
mais importante que qualquer qualificação ideológica.

> Porque está sendo criado este centro? <

Para estudar a sociedade, conhecê-la melhor, é necessário se aproximar
desde um ponto de vista libertário, ao menos para apresentar uma visão
diferente do que circula. A sociedade marroquina, até agora, não foi
abordada desde a teoria anarquista. Apesar da marginalização, existem
vestígios de autogestão; a autonomia e a ajuda mútua sempre estiveram
presentes, apesar da ofensiva inimiga decidida a acabar com cada aspecto
de vida coletiva anticapitalista.

> Meios ou ferramentas de trabalho <

- A formação de uma biblioteca rica com literatura anarquista em sua
diversidade, que contenha uma memória do anarquismo como arma de defesa
contra a agressão e o esquecimento.

- A organização de conferências sobre temas teóricos, que ilustrem sobre o
patrimônio anarquista existente no mundo, de acordo com os
pensadores/militantes e para quem esse caminho da conquista da liberdade
lhes custou caro: prisão, manicômio, assassinato e todos tipos de
torturas. As experiências vividas em outros países, em povoados e
comunidades diversas, tanto no passado como na atualidade; a fim de saber
ao nosso povo, que o capitalismo não é o fim do mundo, e que a vitória
atual do imperialismo é produzida, porque a contra ofensiva é fraca,
dispersa e desorganizada.

> Objetivo e finalidades <

O objetivo essencial do C. L. E. R. é "reunir, classificar e arquivar tudo
o que se relaciona com o "anarquismo", esse centro deve conter escritos,
trabalhos, revistas e jornais de filosofia e sociologia. Consideramos que
tanto a filosofia como as ciências humanas são pilares fundamentais de um
espírito crítico consciente da necessidade de pluralidade, diversidade e
diferença, e da impossibilidade de traçar um modelo de sociedade
pré-determinada antecipadamente. A espontaneidade e a liberdade de ação e
de pensamento são indispensáveis para a construção de uma sociedade que
respeita a dignidade humana. Por isso, damos a prioridade necessária às
ciências humanas e não às ideologias; à ação das pessoas e de grupos
autônomos e livres, não aos textos "sagrados", à propaganda nem aos
slogans. Formaremos uma biblioteca rica (livros, revistas, periódicos,
cartazes, panfletos, vídeos, documentos, teses e pesquisas
universitárias... em diversos idiomas. A tradução para o árabe será uma
das preocupações do centro, como assim também a organização de debates,
seminários, exposições... e outras atividades que facilitem o encontro de
militantes e escritores libertários de todo o mundo.

Estamos conscientes das dificuldades que nos serão apresentadas; que a
tarefa que nos espera é enorme, mas com a participação e contribuição com
outros centros da mesma natureza, nós alcançarmo-lo.

Fazemos um chamado a todos os centros de pesquisa do anarquismo, como,
assim também, a todos militantes anarquistas e libertários, de modo que
ajudem-nos a cumprir este sonho. Até agora só temos a vontade para fazer e
agir, o jornal "Aqui e Agora" é um exemplo.



Com amizade libertária...

Brahim Fillali (tafokt2001  yahoo.fr)


agência de notícias anarquistas-ana




More information about the A-infos-pt mailing list