(pt) [Grécia] Vídeo: Anarquistas do Rouvikonas estendem faixa na Acrópole em solidariedade ao grevista de fome Dimitris Koufodinas By A.N.A.

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Quinta-Feira, 21 de Junho de 2018 - 05:54:35 CEST


Nesta quinta-feira, 14 de junho, vários anarquistas do grupo Rouvikonas se manifestaram na 
antiga Acrópole de Atenas em apoio ao grevista de fome Dimitris Koufodinas, um preso de 
extrema-esquerda que cumpre diversas penas de prisão perpétua por uma série de atentados 
contra personalidades gregas e estrangeiras entre 1975 e 2000. ---- Os membros do grupo 
Rouvikonas exibiram uma faixa em frente ao templo do Partenon, construído no século V aC, 
onde acusam o governo esquerdista do Syriza de tentar "assassinar" Dimitris Koufodinas, um 
membro da Organização Revolucionária 17 de Novembro (17-N) que está em greve de fome desde 
30 de maio para obter um permissão para sair da prisão. ---- Koufodinas foi condenado em 
2003 por pertencer à organização 17 de Novembro, grupo que reivindicou 23 assassinatos 
(incluindo diplomatas e membros de serviços secretos estrangeiros) em ataques e uma dezena 
de atentados contra alvos dos Estados Unidos, Grã-Bretanha, Turquia e gregos, entre 1975 e 
2000. Ele atualmente cumpre uma sentença de 11 prisão perpétua e está com 60 anos.

Nos últimos oito meses, Koufodinas recebeu duas licenças para sair da prisão por um breve 
período, mas seu último pedido foi rejeitado pelas autoridades do governo e da justiça 
burguesa.

Nos últimos dias, ocorreram protestos em diversas cidades gregas em solidariedade ao preso 
Dimitris Koufodinas, desde passeatas à ocupações de prédios públicos.

O 17-N adotou seu nome em alusão a revolta estudantil contra a chamada ditadura dos 
coronéis na Grécia (1967-1974), que eclodiu em Atenas em 17 de novembro de 1973.

>> Assista o vídeo (01:21) aqui: https://www.liveleak.com/view?t=9VPGr_1528996493

Notícia de última hora:

Hoje (14/06) no fim da tarde, após uma maratona de mais de oito horas, o Conselho 
Prisional de Korydallos decidiu por unanimidade (com o acordo do Procurador de Primeira 
Instância de Pireu Ioannis Hatzoglou) conceder a Dimitris Koufodinas a terceira licença 
consecutiva para sair da prisão por um breve período. Desta forma, Koufodinas anunciou o 
fim da greve de fome, que entrava no 16º dia e já comprometia sua frágil saúde.

agência de notícias anarquistas-ana


Mais informações acerca da lista A-infos-pt