(pt) Organização Específica Anarquista - Amazonas (OEA): PALESTINA LIVRE | 29 de Novembro: Dia Internacional de Solidariedade com o povo palestino!

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Sábado, 13 de Janeiro de 2018 - 06:16:09 CET


Queremos deixar claro que nossa posição é a de defesa irrestrita da autodeterminação e 
autonomia de todos os povos e populações oprimidas do mundo e se tratando da Causa 
palestina, não seria diferente. É necessário uma ação imediata que coloque FIM a todo 
ataque, extermínio, genocídio, repressão e colonização que está em processo contra a 
população e território palestino. ---- O que simplesmente está ocorrendo é que um povo tem 
sido exterminado e atacado diariamente, de forma ininterrupta pelo Estado fantoche de 
Israel, e, diga-se de passagem, se trata de um povo desarmado. Milhares de assassinatos, 
desaparecimentos e prisões de mulheres, homens, jovens, crianças e idosos estão em curso. 
Os ataques do Estado de Israel por terra, mar e ar contra a Faixa de Gaza, só triplica o 
numero de mortos, que é cada vez mais alarmante. As vitimas desta guerra covarde, são 
pessoas comuns, civis em seus lares, bem como hospitais, escolas, maternidades... A 
militarização e endurecimento do Estado de Israel, somado a bombardeios e bloqueios aos 
locais de abastecimento de água potável e alimentos, é algo inaceitável e injustificável.

A grande mídia, a imprensa burguesa internacional, que em grande medida, patrocina e 
justifica a limpeza étnica palestina, afirma que o que está em jogo é uma "guerra", ou, um 
combate a "grupos terroristas" e "extremistas islâmicos", o que não passa da mais 
descarada mentira. Não se trata de uma "guerra", pois não há do lado palestino nem mesmo 
um exercito regular minimo, porém, do lado sionista, simplesmente encontramos a quarta 
maior potencia militar do planeta, um dos exércitos mais equipados do mundo, com um 
sofisticado "serviço de inteligencia" e detentor de uma poderosa tecnologia bélica. Não se 
trata também de um "combate" a "grupos terroristas" ou "extremistas islâmicos", pois o 
verdadeiro terrorista é o Estado de Israel, que não vacila em usar todo o seu poder para 
exterminar uma população inteira, usando como justificativa a ideia de "legitima defesa" e 
de um suposto "direito sagrado" no extermínio étnico palestino.

Não há uma guerra em curso, mas há sim um massacre, um apartheid, indiscriminado e que já 
se perpetua por décadas e que lamentavelmente tende a se aprofundar mais. Esta barbárie 
tem sido patrocinada não só por Israel, mas também pelo seu braço direito: os Estados 
Unidos da América, a grande máquina de guerra e de extermínio dos povos oprimidos do mundo.

Por uma Palestina Livre! Que suas crianças tenham o direito a vida!
Todo apoio a autodeterminação e autonomia do povo palestino!
Palestina, os povos oprimidos de todo mundo te acolhem!
Viva o Internacionalismo libertário!

https://anarquismoam.wordpress.com/2017/11/29/palestina-livre-29-de-novembro/


Mais informações acerca da lista A-infos-pt