(pt) Organização Específica Anarquista - Amazonas: A CABANAGEM NÃO MORREU! VIVA A AMAZÔNIA INSURGENTE! VIVA OS 183 ANOS DA CABANAGEM!

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Quarta-Feira, 10 de Janeiro de 2018 - 07:42:26 CET


Os donos do poder em nossa região buscam silenciar completamente sobre esta data e a 
importância que tem Cabanagem para as lutas da Amazônia. Mas nós indígenas, quilombolas, 
trabalhadores/as e lutadores/as sociais em geral precisamos seguir fazendo memória e 
contando às novas gerações o que foi e o que é a Cabanagem. A Cabanagem de hoje é o 
levante dos Munduruku e ribeirinhos no rio Tapajós contra as hidrelétricas, a Cabanagem 
hoje são os indígenas e os quilombolas lutando e reivindicando território e autonomia, é o 
nosso povo continuando suas tradições das festas de santo e Marambiré. ---- Hoje 
completa-se 183 anos da Revolução Cabana, ou simplesmente, Cabanagem. Ela representa a 
mais notável expressão de luta das camadas mais pobres de Belém, que invadiram a cidade e 
tomaram o controle político da então província do Grão-Pará. A Cabanagem foi um movimento 
popular, uma insurreição dos/das de baixo, que teve inicio no dia 07 de Janeiro de 1830. 
Os cabanos eram amazônidas negros/as, índios e pobres de armas na mão contra as precárias 
condições de vida que viviam, contra a exploração humana que reinava na Amazônia, contra a 
dominação dos grandes fazendeiros e colonizadores brancos e europeus. Foi uma guerra única 
na história das revoluções.

Há exatos 183 anos do início da Cabanagem, as lutas ainda continuam, o povo amazônida 
continua a travar suas lutas, continua a gritar por mudanças e melhorias. Reivindicamos a 
herança cabana e nos inspiramos em seu legado histórico, como sendo um marco da luta 
insurgente em nossa Amazônia. Que a luta cabana nos sirva de inspiração para seguir firmes 
na luta sem trégua e sem descanso contra o capitalismo e o Estado, por uma Amazônia livre 
do imperialismo, da recolonização, da submissão, da exploração de recursos naturais e humanos.

Por uma Amazônia Livre e Socialista!


Mais informações acerca da lista A-infos-pt