(pt) France, Alternative Libertaire AL Octobre - Documentário: a assembléia (en, it, fr) [traduccion automatica]

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Quarta-Feira, 8 de Novembro de 2017 - 07:06:16 CET


Um ano depois, como falar de Nuit debout  ? O 18 de outubro nos cinemas surgiu The 
Assembly, um documentário de Mariana Otero que pretende testemunhar sobre o que era Night 
na capital. O filme, cronológico, começa com as primeiras grandes ocupações da Praça da 
República e termina com a lenta extinção do movimento, três meses depois, e tenta capturar 
toda a diversidade do que essa experiência poderia ser. ---- Sua força principal é 
explodir todas as reduções muito óbvias em movimento, porque, como os participantes dizem 
e filmé.es participar, mesa de cabeceira é, por vezes, as pessoas que estão aqui esta 
noite para votar, por vezes, a frente de um protesto selvagem, para algum processo 
constituinte e cidadão, para outros uma unidade indescritível, ou também uma ferramenta, 
mesmo um estado de espírito.

O que o documentário revela é, de fato, acima de tudo um conjunto de contradições, e é 
notável a este respeito: uma contradição entre entusiasmo para mudar substancialmente as 
relações sociais e o formalismo de grande parte do debate, deliberações infinitas nos 
próprios modos de deliberação ; contradição entre a aspiração ao trabalho coletivo em paz 
e amizade e a violência da repressão policial ; a contradição, finalmente, entre a 
universalidade da inclusão reivindicada - para deixar a palavra a todos, especialmente 
para aqueles a quem nunca é dada - e a peculiaridade da posição social da maioria das 
noites-stand-ups (peculiaridade exagerado, indubitavelmente involuntariamente, pelo cartaz 
do filme, no qual apenas aparecem brancos).

Nas comissões, nos debates, essas contradições são visíveis em todo o mundo, e às vezes 
até refletem e explicam. A outra força do trabalho de Mariana Otero e sua equipe também é 
dizer muitas coisas pelo administrador sênior.

Há muito debate na Nuit debout à Paris, e é aí que a câmera gira, entre duas assembléias 
uma demonstração sob o gás, a arbitrariedade da polícia e alguns golpes de porca, também 
os grevistas dos quais estamos falando. muitas vezes, mas raramente visto, como se tudo 
isso estivesse na margem. Sem ser uma bolha, Night Standing foi em seguida [1]. Pelo que 
ele mostra diretamente, bem como pelas lacunas que ele deixa, o filme reproduz com certa 
fidelidade o que estava no coração do movimento.

Marco (AL 92)

Marianne Otero, The Assembly, 99 minutos.

[1] Podemos dar uma boa olhada no documentário da Medialien sobre o Nuit debout, que fez a 
escolha oposta ao foco nas margens do fenômeno.

http://www.alternativelibertaire.org/?Documentaire-L-Assemblee


Mais informações acerca da lista A-infos-pt