(pt) Urgente! Contra a criminalização, rodear de solidariedade aos que lutam! - Leia na íntegra a nota da Federação Anarquista Gaúcha + UPDATE (FAG)

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Quinta-Feira, 2 de Novembro de 2017 - 11:29:24 CET


UPDATE Coletiva de imprensa -- FEDERAÇÃO ANARQUISTA GAÚCHA - FAG·THURSDAY, OCTOBER 26, 
2017 ---- Devido aos fatos ocorridos no dia de ontem, 25 de Outubro, onde 10 mandados de 
busca e apreensão foram expedidos pela Polícia Civil do RS, com intuito de desmantelar uma 
“organização criminosa” a operação policial denominada “Érebo” acabou por violar locais 
libertários da cidade e capturou seus materiais de propaganda, assim como materiais 
recicláveis. Declaram ainda, posterior a isso que tinham conquistado “provas suficientes” 
contra os grupos anarquistas. A intencionalidade destas ações é, sem dúvidas alguma, 
criminalizar a ideologia anarquista e mais do que isso, colocar a FAG no centro destas 
investigações, como mentora naquilo que se propõem as interpretações da lei de “Teoria do 
domínio do Fato”. É a quarta vez, em menos de 10 anos, que nossa organização é perseguida 
pela polícia e seus governos.

A partir deste factoide político-jurídico-midiatico, nós da Federação Anarquista Gaúcha, 
estamos convocando uma Coletiva de imprensa, onde queremos manifestar nossa opinião sobre 
todas as graves violações políticas ocorridas no dia de ontem.
Hoje a partir das 17 horas, no nosso espaço político social, Ateneu Libertário a batalha 
da Várzea, na rua Lobo da Costa, 147, bairro Cidade Baixa.
Telefone para contato: 982193982 (Lorena Castillo – secretaria de relações da FAG)
Observação: O convite é dirigido aos meios de comunicação independentes e alternativos. O 
critério de participação está condicionado ao convite feito de forma individual, já 
encaminhado para aqueles e aquelas que temos interesse na coletiva e ou por indicação de 
outros grupos de comunicações conhecidos.
------------------------------------------------------

Ficamos sabendo há poucas horas de uma operação da polícia civil contra um suposto grupo 
responsável por diversos ataques contra viaturas policiais, banco, concessionárias de 
veículos, delegacias e sedes de partidos políticos. Segundo notícia divulgada no G1, serão 
atribuídos a este suposto grupo os crimes de formação de quadrilha, uso de explosivos e 
tentativas de homicídio. O endereço da nossa antiga sede pública, localizada na Travessa 
dos Venezianos, foi invadido pela polícia que apreendeu computadores, telefones, livros e 
outros pertences do grupo cultural que mantinha o espaço. Ficamos sabendo que o mandado 
era endereçado à nossa Organização. Outros locais político-culturais também receberam 
"visita" da polícia civil.

Trata-se de mais um FACTÓIDE que pretende criar um espantalho, um bode expiatório, para 
criminalizar e reprimir o conjunto dos movimentos sociais e da esquerda não-eleitoral e em 
específico a nossa ideologia. Em uma conjuntura de retirada de direitos, de ajuste fiscal, 
de intensificação da exploração e da dominação sobre o conjunto das classes oprimidas, a 
mão pesada da criminalização contra os e as anarquistas entra em cena.

Ainda não tivemos nosso local público invadido, mas acreditamos que pode ser só questão de 
tempo. Alertamos o conjunto dos e das lutadoras sociais sobre isso e sobre a necessidade 
de SOLIDARIEDADE a todos e todas que lutam!

NÃO SE INTIMIDAR!
CONTRA A CRIMINALIZAÇÃO DOS QUE LUTAM!
RESISTÊNCIA E SOLIDARIEDADE!

Federação Anarquista Gaúcha - FAG
25 de Outubro de 2017

https://anarquismo.noblogs.org/?p=874


Mais informações acerca da lista A-infos-pt