(pt) [Curdistão] Anunciada criação do "Exército Queer de Insurreição e Liberação" (TQILA) - IRPGF By A.N.A. (en)

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Domingo, 30 de Julho de 2017 - 07:54:04 CEST


Comunicado: ---- Nós, as Forças de Guerrilha Revolucionária Internacional do Povo (IRPGF) 
formalmente anunciamos a formação do Exército Queer de Insurreição e Liberação, um 
subgrupo da IRPGF formado por companheiros LGBT*QI+ e outros que buscam esmagar o 
binarismo de gênero e avançar a revolução das mulheres, assim como a revolução de gênero e 
sexual mais ampla. ---- Os membros do TQILA assistiram horrorizados forças fascistas e 
extremistas ao redor do mundo atacarem a comunidade queer e assassinarem inúmeros membros 
de nossa comunidade, afirmando que somos "doentes", "enfermos" ou "contra a natureza". As 
imagens de gays sendo jogados de prédios ou linchados pelo EI[Estado Islâmico]foram algo 
que não poderíamos ver sem fazer nada. Nem o EI é o único grupo cujo ódio por pessoas 
queer, trans* e de outra forma não-binárias leva a ataques e ódio motivados pela religião.

Conservadores cristãos em todo o noroeste do globo também atacam pessoas LGBT*QI+ numa 
tentativa de silenciarem e apagarem sua existência. Queremos enfatizar que a queerfobia, 
homofobia e trans*fobia não são inerentes ao Islã ou quaisquer outras religiões. Pelo 
contrário, conhecemos vários muçulmanos, judeus, cristão, hindus, budistas etc. que 
aceitam e acolhem o que nos torna pessoas únicas e fora da conformidade, alguns deles 
mesmos também queer. Nos erguemos em solidariedade a eles contra o fascismo, a tirania e a 
opressão. Além disso, criticamos e lutamos contra as atitudes antiqueer, conservadoras e 
feudais, dentro dos movimentos revolucionários de esquerda aqui e no exterior.

Nosso compromisso de lutar contra a autoridade, o patriarcado, a heteronormatividade 
opressora, a queer/homofobia e a trans*fobia se fortalece pelos avanços revolucionários e 
pelas vitórias nas lutas feministas curdas. O fato de que as classes jineologi debatem a 
construção de gênero e da sexualidade destaca ainda mais os avanços da revolução em Rojava 
e em todo Curdistão, com mulheres pressionando pela revolução feminista e avançando com a 
luta queer que motivou os companheiros queer do IRPGF a formarem o TQILA.

LIBERAÇÃO QUEER! MORTE AO CAPITALISMO ARCO-ÍRIS!

BATA ATIRE DE VOLTA! ESSAS BICHAS MATAM FASCISTAS!

COMUNIDADES & COLETIVOS MILITANTES HORIZONTAIS AUTO-ORGANIZADOS PELA REVOLUÇÃO E ANARQUIA 
QUEER!

Forças de Guerrilha Revolucionária Internacional do Povo (IRPGF)


Mais informações acerca da lista A-infos-pt