(pt) faca: CONTRA TENTATIVA DE CRIMINALIZAÇÃO DE ESTUDANTES E SERVIDORES NA UNIFAP

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Terça-Feira, 31 de Janeiro de 2017 - 15:47:04 CET


A Universidade Federal do Amapá (UNIFAP), tenta criminalizar aos que ocuparam a 
universidade contra as medidas de austeridades do governo golpista de Michel Temer que 
retira os direitos sociais históricamente adquiridos com muito suor e sangue da classe 
trabalhadora bem como de todo povo oprimido. ---- Hall da reitoria ---- Pelo movimento que 
solapou as escolas secundaristas, institutos federais e universidades em todo território 
nacional, em Macapá, na UNIFAP, não foi diferente, alunos e servidores decidiram ocupar o 
hall da reitoria que, duraram 51 dias, como forma de manifestação contra essas medidas. 
Foram 51 dias de atividades, debates e discussões sobre os malefícios da PEC 55 e como 
isso afetará a população pobre no âmbito da educação e saúde para os próximos vinte anos e 
como esse projeto de emenda constitucional garantirá privilégios e mordomias para os de cima.

A UNIFAP e a reitora Eliane Superti mostram que se trata claramente de perseguição e 
tentativa de criminalização daqueles que se levantam e lutam. Imputam processo judicial 
referente à reintegração de posso expedido durante os dias de ocupação, uma vez que o 
movimento de ocupação sempre se mostrou aberto e com dialogo para discutir, a exemplo, da 
aplicação das provas do ENEM passado onde o movimento em nada prejudicou sua realização.

Portão de entrada da UNIFAP

A solidariedade entre os de baixo é pratica que constrói laços e fortalece a luta, a 
Federação Anarquista Cabana, exercendo essa pratica como principio lança mão solidaria a 
companheirada da UNIFAP que bravamente organiza, resiste e luta. Não podemos ficar calados 
e deixar mais uma tentativa de criminalização do movimento.

LUTAR NÃO É CRIME!

Nenhum passo atrás! Nenhum Direito a Menos!

https://faca.noblogs.org/post/2017/01/26/contra-tentativa-de-criminalizacao-de-estudantes-e-servidores-naunifap/


Mais informações acerca da lista A-infos-pt