(pt) [Espanha CGT Rojo y Negro] Porque as religiões odeiam as mulheres? - Fuensanta Hernández L. By A.N.A.

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Sexta-Feira, 6 de Janeiro de 2017 - 09:06:11 CET


Sempre me perguntei e tenho perguntado o porquê da "sem razão" do ódio das religiões às 
mulheres, de relegá-las, de coisificá-las, definitivamente de ofendê-las (nos). ---- Tanto 
as religiões como os estados governantes inventaram, criaram e se aliaram com o 
patriarcado para submeter, escravizar, privar de liberdade a mais da metade da humanidade 
- as mulheres -, nesta carreira crescente de feminicídio mundial (assassinato de mulheres 
pela simples razão de ser mulher), as religiões tem tido um papel fundamental. ---- Pelo 
que nos toca, a religião imperante no Ocidente, a católica (acontece o mesmo com o resto 
das religiões: budismo, islamismo, hinduísmo, etc.) sua linha ideológica e praticante em 
relação a mulher é a submissão, objeto de pecado, escassa participação em seu organograma 
e um plano secundário, e sempre, sempre "per saecula saeculorum" (pelos séculos dos 
séculos) submetimento aos ditados dos homens que regem e governam a instituição a seu 
capricho. (A modo de curiosidade, comentar que não faz tanto tempo que o ritual religioso 
da missa se dizia em latim, p ara meu humilde parecer, toda uma falta de respeito e 
compreensão aos ouvintes, que em sua imensa maioria não sabiam latim).

Como podemos ler em seu livro, "a bíblia" está cheia de relatos misóginos, de ódio, de 
castigos às mulheres, partindo do que foi "Eva, a perversa" (feita de uma costela de Adão, 
que casualidade. Já não restava barro para Eva?), a que desobedeceu a seu deus-homem e 
arrastou ao homem em seu "terrível ato"; não só a afastou do paraíso, há mais castigo, e 
de maneira lesiva a maravilhosa obra da mulher de poder criar vida se torna em sentença, e 
a condena a parir com dor e sofrimento e a roubar sua criação: xs filhxs.

A modo de pequeno exemplo, cito textos bíblicos:

- Multiplicarei grandemente a tua dor, e a tua conceição; com dor darás à luz filhos; e o 
teu desejo será para o teu marido, e ele te dominará. Gênesis 3:16

- O homem, pois, não deve cobrir a cabeça, porque é a imagem e glória de Deus, mas a 
mulher é a glória do homem. Porque o homem não provém da mulher, mas a mulher do homem. 
Coríntios 11:7,8

- E como seria puro aquele que nasce da mulher? Jó 25:4

A Igreja diz que as mulheres são culpadas se as violam: "com decotes e minissaias, estão 
provocando ao homem", disse ao arcebispo de Santo Domingo, México, Nicolás de Jesus López 
Rodriguez, em declarações durante o Encontro Mundial das Famílias.

Eu me pergunto: como vão crescer estas crianças? Uns acreditando que as mulheres são 
culpadas de seu maltrato, violência e assassinato, e outras se sentindo culpadas pela vida 
toda por serem maltratadas, violadas e assassinadas. Simplesmente HORRÍVEL a mensagem da 
Igreja, que martiriza duplamente as mulheres, mas não as faz santas.

E se continuamos não há um fim na bíblia, tanto no Antigo como no Novo Testamento, "amém" 
do demais livros sagrados de outras religiões que não tem que invejar em nada à religião 
cristã. Começamos bem! Nos insultam por um pecado que chamam "original", vá! Agora se 
somos as primeiras em algo e por este invento absurdo, a Igreja católica:

- Nos condena

- Nos humilha

- Nos relega

- Nos queima

- Nos arrebata nossos corpos e mentes e faz que sejam impúdicos e origem de pecado dos homens.

Incrível! Sempre há mulheres às que culpar, total...

As mulheres, em todas as religiões só estão para servir ao homem, que é o que domina, 
nenhuma mulher foi nomeada Papa, não podem ministrar atos religiosos, mal tem voz e voto...

Quando nós mulheres lutamos por nossos direitos, a sermos respeitadas, a decidir e pensar 
por nós mesmas, a Igreja católica "põe o grito no céu" e nos acusa de assassinas de 
inocentes... Hipócritas!!! Quando, através da história assassinaram impunemente em suas 
chamadas guerras santas, "A Cruzada Santa". Torturaram e assassinaram na fogueira de 
maneira impune as mulheres (também aos homens que as apoiavam) pelo mero fato de serem 
sanadoras, questionar seus dogmas, ou por interesses particulares; condenaram e 
enfermidades, como a AIDS, proibindo o uso de preservativos a seus seguidores na África, e 
no entanto não condenam de maneira contundente a seus padres pederastas e a suas cruéis 
freiras (gerentes de orfanatos, lavanderias, etc). A Igreja católica faz e atua de forma 
contrária a s eu credo, se amam tanto aos seres humanos porque não respeitam às pessoas 
lésbicas, gays, bissexuais e transsexuais, em vez de condená-las.

O meu questionamento é:

- Para quê preciso da religião e sobretudo... porque ela precisa de mim se somos tão 
prescindíveis? Pois, como em tudo, precisam de escravas para continuar seu funcionamento e 
enquanto não nos demos conta, enquanto não ouvirmos o ruído de suas correntes, nos 
seguirão pisoteando, tanto a suas adeptas como as que não somos.

Que fique claro meu respeito a todas as pessoas que creem ou não, mas o mesmo respeito 
peço para mim, para minhas decisões que dizem respeito à minha pessoa e para a maneira de 
me conduzir em minha vida não religiosa.

Fonte: http://rojoynegro.info/sites/default/files/rojoynegro306noviembre.pdf

Tradução > KaliMar


Mais informações acerca da lista A-infos-pt